O Nerd Escritor
Feed RSS do ONE

Feed RSS do ONE

Assine o feed e acompanhe o ONE.

Nerds Escritores

Nerds Escritores

Confira quem publica no ONE.

Quer publicar?

Quer publicar?

Você escreve e não sabe o que fazer? Publique aqui!

Fale com ONE

Fale com ONE

Quer falar algo? Dar dicas e tirar dúvidas, aqui é o lugar.

To Do - ONE

To Do - ONE

Espaço aberto para sugestão de melhorias no ONE.

Blog do Guns

Blog do Guns

Meus textos não totalmente literários, pra vocês. :)

Blog do Bruno Vox

Blog do Bruno Vox

Nada de notícias por aqui!

Críticas e Resenhas

Críticas e Resenhas

Opinião sobre alguns livros.

Notícias

Notícias

Veja o que está rolando no mundo literário nerd.

Sem Assunto

Sem Assunto

Não sabemos muito bem o que fazer com estes artigos.

Prompt de Escritor

Prompt de Escritor

Textos e idéias para sua criatividade.

Fórum

Fórum

Ta bom, isso não é bem um fórum. :P

Projeto Conto em Conjunto

Projeto Conto em Conjunto

Contos em Conjunto em desenvolvimento!

-

Em breve!

Daqui a pouco aparece algo aqui!

-

Em breve!

Daqui a pouco aparece algo aqui!

-

Em breve!

Daqui a pouco aparece algo aqui!

-

Em breve!

Daqui a pouco aparece algo aqui!

-

Em breve!

Daqui a pouco aparece algo aqui!

-

Em breve!

Daqui a pouco aparece algo aqui!

Fan Page - O Nerd Escritor

Página do ONE no Facebook.

Confere e manda um Like!

@onerdescritor

@onerdescritor

Siga o Twitter do ONE!

Agenda

Agenda

Confira os contos e poemas à serem publicados.

Login

Login

Acesse a área de publicação através deste link.

conto da noiteO Conto da Noite
Rituais
As pessoas trabalhavam felizes em meio aos limoeiros. Homens e mulheres contentes colhiam os frutos que surgiam abundantemente naquele lugar.

Em meio ao tumulto, um casal arrumava tempo para brincar.


Publicado por Evandro Furtado

– que publicou 82 textos no ONE.

Ocupações: Estudante de Letras (sim, isto é ocupação) e escritor amador em tempo vago.

Base de operações: Lavras/MG (por mais que eu duvide que esteja realmente aqui, às vezes).

Interesses: Cinema, música, literatura, professional wrestling e uma boa pizza se for possível.

Autores Influentes: Stephen King, Dan Brown, Agatha Christie, Paulo Coelho, Tolkien.

Objetivos: Parafraseando o Coringa de Heath Ledger: “I just do things!”

>> Confira outros textos de Evandro Furtado

>> Contate o autor

* Se você é o autor deste texto, mas não é você quem aparece aqui...
>> Fale com ONE <<

23

Filhos de um novo mundo

novo-mundo

Estávamos sentados em círculo nas ruínas de alguma coisa que não é mais identificável. Resolvi fazer eco há alguns pensamentos:

— Vocês acreditam nas histórias que nosso bisavô contava?

— Qual delas? As sobre poderes sobrenaturais? Por que não acreditar? — Disse Azoi, nosso irmão mais novo.

— Não, aquelas sobre à Terra.

(more…)

Publicado por J.Nóbrega em: Contos | Tags: , , , ,
19

Inferno

inferno

Para ler antes (ou não):

O Homem de Pano

Na Mesa de um Bar

 

Sandro Nazario acordou no inferno! O cheiro de enxofre tomou suas narinas que arderam fortemente. O calor era insuportável. E seu peito nu, expunha as marcas de tortura que vinha sofrendo nos últimos dias.

Ele abriu os olhos, que inicialmente não conseguiram decifrar a imagem que tinha diante de si. Corpos mutilados espalhados em todos os lugares. Ossos, carne, pele, sangue. E o cheiro era insuportável. Aliás, que mistura de odores não havia ali. Todos horríveis. E, juntos, tornavam-se ainda piores.

(more…)

Publicado por Evandro Furtado em: Contos | Tags: ,

O Teste do Vampiro

Escritor: J. G. Valério

vampiro

(esta história é baseada em fatos reais)

Hoje pode ser que ninguém acredite em mim, muitos acham que eu sou louco, ou que apenas esteja inventando uma história qualquer para contar vantagem sobre alguma coisa. Independente do que os outros acham, eu tenho certeza do que aconteceu naquela noite quente de novembro, a muitos anos atrás.

(more…)

Publicado por The Gunslinger em: Contos | Tags: , , ,
56

O Beijo da Morte

beijo-da-morte

Escritor: Sombra Posthuman

Dei mais um gole no uísque que carrego comigo e subi a escada tropeçando. A casa tinha acabado de abrir, mas eu já estava caindo pelos cantos. “Atualmente, beber tem sido a única forma de manter minha sobriedade.” Tossia muito. Meu pulmão já não andava muito bem, somando a alergia, minha garganta se enchia de pigarro e irritação. Entrei no banheiro pra me esvaziar um pouco e, antes de sair, dei a última tragada no cigarro. Soltei a fumaça, esvaziando o pulmão, mas o ar não entrou de volta. Tentei inspirar e nada, minha traqueia bloqueava o ar. Eu estava sufocando. Sem oxigênio no pulmão, em pouco tempo perdi minhas forças e caí. Eu estava morrendo e não havia ninguém por perto pra me ajudar. Fui me conformando e me dei conta de que aquele era o meu fim, no banheiro do Centro de Arte Maria Teresa Vieira. Um fim decadente assim como foi toda a minha vida degenerada, uma queda livre em direção ao abismo.

(more…)

Publicado por Sombra Posthuman em: Contos | Tags: , , , , , ,
34

O Homem de Pano

espantalho

Quando ele deixou de ser um homem ninguém sabe ao certo. Só sabem que ele foi um. Que tipo fora, também é desconhecido. Mas não importava agora. Não mais.

Ignoraram-no por tanto tempo que quando a mudança ocorreu, ele nem sentiu a mudança. Talvez depois de um tempo, quando começaram a sentir medo dele. Afinal, sua aparência deixou de se encaixar nos padrões. E isso as pessoas não aceitam.

(more…)

Publicado por Evandro Furtado em: Contos,Homem de Pano | Tags: ,