O Nerd Escritor
Feed RSS do ONE

Feed RSS do ONE

Assine o feed e acompanhe o ONE.

Nerds Escritores

Nerds Escritores

Confira quem publica no ONE.

Quer publicar?

Quer publicar?

Você escreve e não sabe o que fazer? Publique aqui!

Fale com ONE

Fale com ONE

Quer falar algo? Dar dicas e tirar dúvidas, aqui é o lugar.

To Do - ONE

To Do - ONE

Espaço aberto para sugestão de melhorias no ONE.

Blog do Guns

Blog do Guns

Meus textos não totalmente literários, pra vocês. :)

Prompt de Escritor

Prompt de Escritor

Textos e idéias para sua criatividade.

Críticas e Resenhas

Críticas e Resenhas

Opinião sobre alguns livros.

Sem Assunto

Sem Assunto

Não sabemos muito bem o que fazer com estes artigos.

Fórum

Fórum

Ta bom, isso não é bem um fórum. :P

Projeto Conto em Conjunto

Projeto Conto em Conjunto

Contos em Conjunto em desenvolvimento!

Fan Page - O Nerd Escritor

Página do ONE no Facebook.

Confere e manda um Like!

@onerdescritor

@onerdescritor

Siga o Twitter do ONE!

Agenda

Agenda

Confira os contos e poemas à serem publicados.

Login

Login

Acesse a área de publicação através deste link.

conto da noiteO Conto da Noite
Rituais
As pessoas trabalhavam felizes em meio aos limoeiros. Homens e mulheres contentes colhiam os frutos que surgiam abundantemente naquele lugar.

Em meio ao tumulto, um casal arrumava tempo para brincar.


Publicado por Evandro Furtado

– que publicou 95 textos no ONE.

Ocupações: Estudante de Letras (sim, isto é ocupação) e escritor amador em tempo vago.

Base de operações: Lavras/MG (por mais que eu duvide que esteja realmente aqui, às vezes).

Interesses: Cinema, música, literatura, professional wrestling e uma boa pizza se for possível.

Autores Influentes: Stephen King, Dan Brown, Agatha Christie, Paulo Coelho, Tolkien.

Objetivos: Parafraseando o Coringa de Heath Ledger: “I just do things!”

>> Confira outros textos de Evandro Furtado

>> Contate o autor

* Se você é o autor deste texto, mas não é você quem aparece aqui...
>> Fale com ONE <<

O Teste do Vampiro

Escritor: J. G. Valério

vampiro

(esta história é baseada em fatos reais)

Hoje pode ser que ninguém acredite em mim, muitos acham que eu sou louco, ou que apenas esteja inventando uma história qualquer para contar vantagem sobre alguma coisa. Independente do que os outros acham, eu tenho certeza do que aconteceu naquela noite quente de novembro, a muitos anos atrás.

(more…)

Publicado por The Gunslinger em: Contos | Tags: , , ,
14

Preguiça

Escritor: Sombra Posthuman

preguica

Estou no meu quarto, deitado na cama. O relógio não para de fazer aquele barulho irritante: tic…tac…tic…tac… O tempo não para…Ele está sempre com pressa! Isso me dá uma agonia… Olho pela janela, o mundo está acabando. Bolas de fogo caem do céu, bestas carnívoras dilaceram as pessoas… Dentre as vítimas reconheço meu pai, minha mãe e minhas irmãs. E o relógio continua… tic… tac… tic… tac… Um terremoto. (more…)

Publicado por Sombra Posthuman em: Contos | Tags: , ,
305

A Guerra: Vampiros X Lobisomens

Escritor: Bruno Vox

a-guerra-vampiros-x-lobisomens

Anos de perseguição aos vampiros se sucedera. Os lobisomens não deram trégua, dos tempos da grande Babilônia a queda do Império Romano se travou batalhas intensas entre as casas de Cão e de Caim.

Os lobisomens na sua forma animal eram praticamente indestrutíveis, não existia arma no mundo que penetrasse em seu couro e seu poder de cura na forma canina era impressionante. Por isso, a única forma de matar um lobisomem era quando este estivesse na sua forma humana. Já os vampiros são mortos se cortando-lhe a cabeça.

(more…)

Publicado por Bruno Vox em: Contos,Vampiros e Lobisomens | Tags: , ,
17

Armaduras

armor

Acusaram-no de amar! Sim, isso às vezes soa como acusação.

A primeira vez que ele disse que amava, acreditava fielmente nisso, mas o tempo tratou de denunciar seu engano. O outro “eu te amo” já saiu meio às dúvidas pela experiência do primeiro e, onde há incerteza perdura o amor não se alicerça. Também falou um “eu te amo” com todo o fervor que sua alma possuía e teria repetido isso por toda vida, no entanto, a ouvinte dessas palavras brincou com elas e descartou-as. Esse foi o mais doloroso.

(more…)

Publicado por J.Nóbrega em: Contos | Tags: , ,
420

A origem dos vampiros e lobisomens

Escritor: Bruno Vox

a-origem-dos-vampiros-e-lobisomens

A origem dos vampiros é incerta, o mais aceito pelos próprios vampiros é que tenham a sua origem ligada a Caim. Segundo a Torah Caim foi o primeiro assassino, ele matou seu irmão Abel por inveja.

Por isso Deus amaldiçoou Caim: “E agora maldito és tu, sobre a terra, que abriu a sua boca para receber o sangue de teu irmão derramado por tua mão. Quando lavrares a terra, ela não te dará mais sua força; serás fugitivo e errante na terra.” Gênesis 4.11,12. Da mesma forma que a terra recebeu sangue, Caim também receberia o sangue em sua boca. Os frutos retirados da terra, aqueles mesmos que Caim ofereceu ao Senhor, não mais o alimentaria, somente pelo sangue de animais ou dos homens ele poderia sobreviver.

(more…)

Publicado por Bruno Vox em: Contos,Vampiros e Lobisomens | Tags: , ,