O Nerd Escritor
Feed RSS do ONE

Feed RSS do ONE

Assine o feed e acompanhe o ONE.

Nerds Escritores

Nerds Escritores

Confira quem publica no ONE.

Quer publicar?

Quer publicar?

Você escreve e não sabe o que fazer? Publique aqui!

Fale com ONE

Fale com ONE

Quer falar algo? Dar dicas e tirar dúvidas, aqui é o lugar.

To Do - ONE

To Do - ONE

Espaço aberto para sugestão de melhorias no ONE.

Blog do Guns

Blog do Guns

Meus textos não totalmente literários, pra vocês. :)

Prompt de Escritor

Prompt de Escritor

Textos e idéias para sua criatividade.

Críticas e Resenhas

Críticas e Resenhas

Opinião sobre alguns livros.

Sem Assunto

Sem Assunto

Não sabemos muito bem o que fazer com estes artigos.

Fórum

Fórum

Ta bom, isso não é bem um fórum. :P

Projeto Conto em Conjunto

Projeto Conto em Conjunto

Contos em Conjunto em desenvolvimento!

Fan Page - O Nerd Escritor

Página do ONE no Facebook.

Confere e manda um Like!

@onerdescritor

@onerdescritor

Siga o Twitter do ONE!

Agenda

Agenda

Confira os contos e poemas à serem publicados.

Login

Login

Acesse a área de publicação através deste link.

(2) Moby [agenda]
(3) Prova [agenda]
(13) Burqa [poesia]
(11) Ursos [poesia]
(14) 100 [conto]

Publicado por ONEbot

– que publicou 282 textos no ONE.

Oi!

Sou o ONEbot. Se esse texto esta em meu nome, provavelmente ele foi publicado no ONE nos primórdios de sua existência.

O autor real do texto deve aparecer junto ao corpo dele, logo no incio.

>> Confira outros textos de ONEbot

>> Contate o autor

* Se você é o autor deste texto, mas não é você quem aparece aqui...
>> Fale com ONE <<

Jun
24
2009

ET – O Contato – Capítulo 5

Escritor: Pedro Torres

et-o-contato-capitulo-5

Miami, Antigo EUA

Faltavam 3 dias para o seu “julgamento”, Técio já não sabia mais o que fazer, estava quase desesperado, mas a única que percebia seu transtorno era sua esposa, ela o perguntou uma vez

– querido, o que há?
– na..nada..

– como nada, você está meio transtornado esses dia pra cá o que houve?
– Putz, é difícil, mas vou lhe contar; como você já deve saber eu andei lendo o diário de Carlos Valverde sobre o 1° contato com os Balianos, certo?
– Sim.
– Então, até ai tudo bem, mas o que aconteceu é que eu tive de invadir os servidores da UPI para ter acesso aos capítulos do diário e…
– pelas barbas do profeta! Por que fizeste isso?
– Eu estava curioso, mas enfim, eu recebi um email recebendo 2 intimações para que eu apareça num julgamento de juri “popular” no qual serei questionado sobre minhas atividades inclusive sociais, então eu estou procurando uma saída desde ontem, estou pensando em falar com o Trash mas soube que ele desapareceu de sua casa após um ataque de uma organização anti-alien, não sei de nada ainda dele.
– Bem, isso explica seu transtorno, mas o que pretende fazer?
– Bem, talvez eu deva…

Antes que Técio pudesse completar sua frase o tele fone toca tomando Técio e sua esposa completamente de surpresa, então ele atende:

– Alô?

A voz que o respondeu era feminina e suave

– Sr.Nécio Biazzollo?
– Sim, sou eu?
– Aqui quem fala é Nellissa, uma amiga neo-amazônica de Trash.
– O que houve? Trash está bem?
– Bem, eu conversei com ele faz 4 horas e ele me informou que você está em dificuldades jurídicas com a UPI e ele queria que lhe dessemos auxilio para que pudesse se exilar aqui na Neo-Amazônia, bem, o que houve com ele é incerto, eu conversei como ele e quando sai ouvi um tiro mas penseiq ue fosse minha imaginação pois estava cansada, mas 3 horas depois quando voltei para pega-los para ir ao Grande Banquete Semanal da Neo-Amazônia ele desapareceu, e o que restou foi apenas uma pequena carta, mas está numa língua que não entendemos e suspeitamos que o sr como linguista e amigo de Trash pudesse decifrar a carta.
– Perai…você quer que eu vá Neo-Amazônia?ouvi falar que qualquer homem que pisasse ai sem autorização virava escravo braçal e sexual de vocês.
– E quem lhe disse que não tens autorização, pois saiba que tem autorização da propia Grande Rainha!
– Bem,sendo assim eu aceito sua ajuda, mas contanto que eu possa levar minha família, junto pois eles estão em perigo…
udo bem, nós já reservamos um lugar seguro em tripolli.
– Opa, não diga! E se estiverem nos espionando agora mesmo?
– Impossível, com esta ligação viaja um sinal de onde que bloqueiam qualquer escuta ou grampo, alem do mais esta ligação é de uma rede segura da Neo-Amazônia.
– Uau, estou impressionado, então tudo bem, eu irei.
– Obrigado, amanhã receberás um email com os passaportes que usarão para sair de Miami e ir para Tripolli.
– Tudo bem, obrigado por tudo.
– Eu é quem agradeço.

Então ela desliga, as feições de Tècio pareciam bem mais tranqüilas, e sua esposa o pergunta:

– Quem era?
– Era das autoridades da Neo-Amazônia, querida, arrume suas malas porque amanha teremos o começo de uma longe temporada de férias forçadas…

Miami, Antigo EUA
dia 9 de Outubro de 2108

Técio acordou cedo, estava ansioso, ele viu as horas, eram 7:15 da manhã GMT -6, ele foi para o banheiro,lavou o rosto e foi verificar o email, nada, só spam, ele levou 10 minutos apagando-os e depois foi para a cozinha e preparou um café apetitoso, e voltou ao seu quarto com o café da manhã para sua amada esposa, então quando a viu dormindo colocou a bandeja no chão e a beijou acordando-a, ela abriu os olhos lentamente e sorriu, Técio pegou a bandeja e entregou a sua mulher, ela se sentou e do lado do seu sentado marido comeu, tudo, depois que terminou perguntou:

– desde nossa Lua-de-Mel que você não fazia algo assim para mim, o que houve?
– Nada… só quis ser cortês nas nossa possível ultimo dia de paz.
– Ah que é isso, ouvi falar que a Neo-Amazônia é um lugar lindo…
– se é o que você diz…

de repente um alerta sonoro chamou a atenção de Técio, era o email que ele esperava,ele foi ao computador rapidamente e viu seus emails e viu o que ele esperava com a seguinte mensagem:

“Caro Técio, segue aqui os passaportes para vossa viagem à Neo-Amazônia…”

Ele viu os passaporte e os imprimiu, a viagem era em 5 horas,e então ele os guardou e vai até o quarto de seus três filhos adolescentes, Joel, Mácio e Nick:

– Queridos! Está na hora de se arrumar para a viagem…
– ahhh pai! Quero dormir, chame o Joel!
– Nem vêm!
– Droga!
– Ahhh, vamos, deixem de ser assim filho,vamos ir para a Neo-Amazônia!
– Opa! Férias nas Terra das Gostosas!
– Não fale assim Joel, lá é uma cultura diferente, não me faça passar vergonha…
– tá tá!
– Ótimo! Se arrumem, pego vocês em 2 horas…

Tècio não sabia mas sua mulher ligou para a policia porque achou que seu marido havia ficado louco, então ela chamou seus filhos enquanto Técio tomava banho.

– Joel,Nick e Mácio! Venham cá agora!
– O que foi mãe?
– Vamos sair…não podemos deixar que seu pai fuja de seus problemas assim, eu denunciei ele para a policia e eles já estão à caminho…
– Fugir de quê mãe?

Então ela explicou todos os detalhes aos seus rebentos, todos ficaram perplexos e revoltados, menos Joel que ficou revoltado porque sua mãe havia denunciado o seu pai…

– Absurdo mãe! papai só quer se proteger, nós todos conhecemos a malfadada corrupção desses juris populares!
– Mas Joel, ele tem que ser julg…
– Mas o caralh*! Ele é meu pai, não vou abandoná-lo
– Tudo bem, a escolha é sua, mas você também será preso por cumplicidade..
– prefiro ficar preso à trair

Nick deu um soco na cara de Joel, e disse:
– Imbecil! Ele vai prender a todos nós!
– Não! Ele não é criminoso!

Joel deu uma rasteira em nick e pulou nele com ferocidade, em pouco tempo já estavam lutando, então o pai ainda de tolha separou os filho e disse:

– O que houve?

Nick disse:
– Solte-me seu merd*! Você quer nos ferrar! Eu sei!
– Que absurdo é este?

Joel respondeu:

– Pai, eles acham que você é um criminoso…
– Joan, o que é isto?

Ela começou a chorar…
As sirenes da policia já podiam ser ouvidas…

– VOCÊ CHAMOU A POLICIA?
– Querido, eu achei que…
– deixe pra lá…nós temos que nós unir agora, mas tem uma coisa…quem me seguir a partir de agora será considerado criminoso nesta justiça também, então venham os que se decidirem, se não fiquem, mas por favor, não cooperem com eles, decidam rápido…

Então a família se separa, Técio, Joan, Joel e Mácio foram de um lado, Nick ficou só na casa, e ele pretendia dizer tudo para a polícia.


Categorias: Contos,ET - O Contato |

No Comments»

RSS feed for comments on this post.TrackBack URL


Leave a Reply

Powered by WordPress. © 2009-2014 J. G. Valério