O Nerd Escritor
Feed RSS do ONE

Feed RSS do ONE

Assine o feed e acompanhe o ONE.

Nerds Escritores

Nerds Escritores

Confira quem publica no ONE.

Quer publicar?

Quer publicar?

Você escreve e não sabe o que fazer? Publique aqui!

Fale com ONE

Fale com ONE

Quer falar algo? Dar dicas e tirar dúvidas, aqui é o lugar.

To Do - ONE

To Do - ONE

Espaço aberto para sugestão de melhorias no ONE.

Blog do Guns

Blog do Guns

Meus textos não totalmente literários, pra vocês. :)

Prompt de Escritor

Prompt de Escritor

Textos e idéias para sua criatividade.

Críticas e Resenhas

Críticas e Resenhas

Opinião sobre alguns livros.

Sem Assunto

Sem Assunto

Não sabemos muito bem o que fazer com estes artigos.

Fórum

Fórum

Ta bom, isso não é bem um fórum. :P

Projeto Conto em Conjunto

Projeto Conto em Conjunto

Contos em Conjunto em desenvolvimento!

Fan Page - O Nerd Escritor

Página do ONE no Facebook.

Confere e manda um Like!

@onerdescritor

@onerdescritor

Siga o Twitter do ONE!

Agenda

Agenda

Confira os contos e poemas à serem publicados.

Login

Login

Acesse a área de publicação através deste link.

(15) Orcs [poesia]

Publicado por The Gunslinger

– que publicou 1572 textos no ONE.

Ocupação: Analista de Sistemas de Colaboração, Escritor, Blogueiro.

Grupo a que é filiado: O Nerd Escritor, Blog do Gunslinger.

Base de operações: Corupá, SC – Brasil.

Interesses: Literatura, Cervejeiro, Internet, Teoria Computacional da Mente, Tiro com Arco e Futebol Americano.

Autor(es) Influênte(s): Stephen King, Bernard Cornwell, J.R.R. Tolkien, Neil Gaiman, Patrick Rothfuss, Paulo Coelho.

Livros que recomendo: A Torre Negra (Stephen King), Crônicas Saxônicas (Bernad Cornwell), Crônica do Matador do Rei (Patrick Rothfuss), O Silmarillion (J.R.R. Tolkien), Lugar Nenhum (Neil Gaiman), O Diário de um Mago (Paulo Coelho).

>> Confira outros textos de The Gunslinger

>> Contate o autor

* Se você é o autor deste texto, mas não é você quem aparece aqui...
>> Fale com ONE <<

Sep
29
2009

A Lua é Feita de Queijo – Parte 1

Escritor: Pedro Torres

cronicas-galacticas

A Lua, a humanidade já a chamou de deusa, de astro, de estrela, de heroína, de objetivo, de assombro, mas agora, muitos chamam de lar, o projeto de colonização da Lua começou em 2021, quando o então presidente do EUA, Arnold Schwarzenegger, depois de ter sido senador e ter aprovado uma lei que permitia a eleição de estrangeiros e radicados paras a presidencia dos EUA, ele começou o projeto Minerva, que pretendia colonizar a lua com uma base cientifica no pólo sul da lua em 10 anos, e depois construir uma base habitacional no pólo norte da lua, essas duas base serviriam como espaçoporto para a viagem à Marte.

Então em 2031, eles finalmente conseguiram, a nave Minerva V chegara ao solo lunar e com ele 25 astronautas e 25 cientistas renomados, a base tinha sido construída por nanobôs, a base era enorme, tinha formato circular com 5 km de diâmetro, era a mais avançada base, a ISS, se tornou completamente obsoleta 3 anos depois quando o pólo norte recebeu a nave Lunaris IV que levou 100 habitantes para a maior ainda base Lunaris, era uma base circular com 10 km de diâmetro, esta base também foi construída com nanobôs.

Com o tempo começaram a faltar recursos minerais (comida e agua eram feitas na base onde se acha agua potável direto da calotas de gelo subterrâneas em ambos os pólos),os minérios eram sempre trazidos por naves de carga, mas este sistema se mostrou ineficiente, então tiveram uma idéia, minerar direto da Lua, nas ricas jazidas do equador da Lua, assim, nasce, a primeira cidade da Wasteland , a base foi um grande sucesso, porem, a mão de obra robótica utilizada se mostrou ineficiente, mas não porque era ineficiente em si, mas porque custava caro demais, a solução, para eles, foi a mão de obra humana.

Esta decisão afetou toda a dinâmica social da lua, pois ninguém queria trabalhar em minas, a solução vou pegar os desesperados, os párias da terra foram mandados aos montes até essas minas, vendiam sua força de trabalho à preço de banana.

Mas a missão principal das bases lunares ainda não havia sido completada, então foi construído em 2048 um grande espaçoporto feito inteiramente com recursos das Wastelands, em 2049 chegou a marte a missão Ares, que estava mandando nanobôs para a preparação de colonias em Marte, mas esta é historia para outro conto, a minha historia começa agora.

Meu nome é Pedro Vince, a historia a seguir se desenrola em 2049, pouco antes da criação da USH, eu era um Geologo especializado em mineralogia lunar na Universidade Lunar de Minerva, eu fui mandado à Wasteland para estudar o terreno e obter informações sobre as jazidas disponíveis lá, eu vi de perto toda a miséria gerada pelos gananciosos empresários, esté é um conto que fala sobre o que há de pior no ser humano, um conto de como me tornei um dissidente, um conto sobre a Lua.”

22 Comments»

  • Bom, na maneira que acaba, basta apenas esperar pela continuação! Este foi apenas o prólogo. =)

  • Pedro Torres says:

    =D
    o que achou afinal?

  • Andrey Ximenez says:

    Hmmm… revisão de concordancia on meu caro! repete mts palavras, eu sei q as vezes passa batido, mas tenta dar um revisada oks?

    Espero a continuação!

    o/

  • Pedro Torres says:

    ok, droga, sou uma besta com revisão, eu reviso tudo, mas sempre tem um erro aqui e acolá, depois vou ver se mando uma versão revisada desse conto para corrigir os erros.
    =X

  • Pedro Torres says:

    ah sim, eu repeti muito a palavra Lua, é que quando eu n encontro um sinonimoe u acabno inconcientemente repetindo.
    =/

  • E.U Atmard says:

    Eu só queria notar uma coisa. Arnold Schwarzeneger, Presidente…xD

  • Arnold chegou onde queria!
    Primeiro as críticas: uma revisão cai bem mesmo Pedro, mas fica tranquilo que isso vem com o tempo.
    Elogios: que temática diferente. Gostei mesmo. Eu pensei que seria uma notícia (fictícia) ou uma professora dizendo como tudo começou com a colinização da Lua e no final que nosso protagonista diz pra que veio.
    Muito legal…

  • Estou achando bem legal esse negócio de postar conto ao meio dia. Assim quando chego a noite em casa ja tem um monte de comentários aqui no blog. =)

  • Pedro Torres says:

    que tal extender isso para as proximas semanas?
    xD

  • pela quantidade de contos chegando.. isso vai acontecer sim =)

  • Andrey Ximenez says:

    Pedro, relaxa q é normal o problema de revisão.

    Eu fiz um tmepo de letras e sei como é foda. Conselho, escreve e engaveta, daki um tempo pega o texto de novo q ai vai ter bastante coisa pra corrigir. Tem textos meus do ano passado q volta e meia eu dou uma mexida ( não precisa esperar tanto tempo >.<)

    mas é a idéia é essa, escreve e deixa a mente refrescar antes da revisão…

    abraz

    o/

  • Vitor Vitali says:

    Uh, gostei da idéia e do conto, além disso, dou todo apoio para o Con… digo, Arnold, tornar-se presidente.

  • Pedro Torres says:

    hehehehehe
    a ideia veio depois de ler Nanoc.
    xD

  • JonesVG says:

    Cara outra palavra que repetiu bastante foi Base, tem umas quatro no mesmo paragrafo, mas quanto a isso te preocupa não.
    Quanto ao conto: Cara me deu mais ideias, já escrevi alguma coisa que ficou lixo, então vou dar mais um tempo e tentar reescrever e ver se fica legal pra te enviar.

  • Pedro Torres says:

    =)
    ok
    que bom que meu projetinho está dando certo!
    hehehe

  • Atreus says:

    Cara, da uma revisada nos paragrafos, nao tem um só ponto!

    Suas frases estao hiper longas com varias virgulas.

    #seconselhofossebomeuvendia

    All in all ta super interessante. E Shwarza presidente,quem dera!E o Clint é vice? =P

  • André says:

    A lua é feita de 99% de queijo suiço
    por isso que os americanos ficaram ricos foram a lua pegaram o queijo
    doarrrrrrrrr

  • André says:

    vc é burro cara

  • ela nao e feita de queijo e feita de pueira e pedras der… seus nerd

  • luana says:

    credoooooo q coisa orrivell

  • lucas says:

    olha burro besta eee…cara

RSS feed for comments on this post.TrackBack URL


Leave a Reply

Powered by WordPress. © 2009-2014 J. G. Valério