O Nerd Escritor
Feed RSS do ONE

Feed RSS do ONE

Assine o feed e acompanhe o ONE.

Nerds Escritores

Nerds Escritores

Confira quem publica no ONE.

Quer publicar?

Quer publicar?

Você escreve e não sabe o que fazer? Publique aqui!

Fale com ONE

Fale com ONE

Quer falar algo? Dar dicas e tirar dúvidas, aqui é o lugar.

To Do - ONE

To Do - ONE

Espaço aberto para sugestão de melhorias no ONE.

Blog do Guns

Blog do Guns

Meus textos não totalmente literários, pra vocês. :)

Prompt de Escritor

Prompt de Escritor

Textos e idéias para sua criatividade.

Críticas e Resenhas

Críticas e Resenhas

Opinião sobre alguns livros.

Sem Assunto

Sem Assunto

Não sabemos muito bem o que fazer com estes artigos.

Fórum

Fórum

Ta bom, isso não é bem um fórum. :P

Projeto Conto em Conjunto

Projeto Conto em Conjunto

Contos em Conjunto em desenvolvimento!

Fan Page - O Nerd Escritor

Página do ONE no Facebook.

Confere e manda um Like!

@onerdescritor

@onerdescritor

Siga o Twitter do ONE!

Agenda

Agenda

Confira os contos e poemas à serem publicados.

Login

Login

Acesse a área de publicação através deste link.

(15) Orcs [poesia]

Publicado por The Gunslinger

– que publicou 1572 textos no ONE.

Ocupação: Analista de Sistemas de Colaboração, Escritor, Blogueiro.

Grupo a que é filiado: O Nerd Escritor, Blog do Gunslinger.

Base de operações: Corupá, SC – Brasil.

Interesses: Literatura, Cervejeiro, Internet, Teoria Computacional da Mente, Tiro com Arco e Futebol Americano.

Autor(es) Influênte(s): Stephen King, Bernard Cornwell, J.R.R. Tolkien, Neil Gaiman, Patrick Rothfuss, Paulo Coelho.

Livros que recomendo: A Torre Negra (Stephen King), Crônicas Saxônicas (Bernad Cornwell), Crônica do Matador do Rei (Patrick Rothfuss), O Silmarillion (J.R.R. Tolkien), Lugar Nenhum (Neil Gaiman), O Diário de um Mago (Paulo Coelho).

>> Confira outros textos de The Gunslinger

>> Contate o autor

* Se você é o autor deste texto, mas não é você quem aparece aqui...
>> Fale com ONE <<

Oct
26
2009

A fera de Los Padres – Parte 1

Escritor: Renan Barcellos

a-fera-de-los-padres

Santa Felícia Daily Newspaper , Terça-feira, 3 de fevereiro de 2012,

Era um mar de sangue

Foram essas as palavras de Hal Emmerich, trinta e dois anos, engenheiro mecatrônico, ao se deparar com uma cena deprimente enquanto caminhava pela Floresta Nacional de Los Padres.

Na noite passada, dia 2 de fevereiro, os corpos de seis jovens, residentes em Santa Felícia, foram encontrados em uma das trilhas da floresta ao norte da cidade. Eles foram brutalmente atacados por algum animal selvagem ensandecido. Devido aos ferimentos, atribuiu-se o acontecido a algum dos ursos negros que vivem na região. Normalmente esse tipo de animal, quando não provocado, não costuma atacar seres humanos, todavia, o espécime em questão poderia estar com prole recém nascida, o que explicaria em parte a violência do acontecido.

Segundo amigos das vítimas, os adolescentes teriam planejado tal expedição às escondidas, sem consentimento dos pais e teriam viajado em um grupo de sete pessoas: Sarah Macdougall, Paul Roberts, Denzel Seaman, Margaret Wolovitz, Rowena Kennethson, Roger Sanchez e Ulric Connor. Sendo que, o último citado, não foi encontrado entre os mortos. A guarda florestal está, neste momento, tentando localizar o desaparecido, bem como o animal que teria cometido o ataque…

O corpo de Denzel Seaman foi o único a apresentar uma “causa mortis” diferentes dos demais. O rapaz fora alvejado por uma bala 9mm, provavelmente disparada pela Glock 18 do pai de Paul Roberts, arma a qual o rapaz furtara da própria família antes de começar a viagem. Segundo à perícia foi um tiro acidental, fogo amigo durante o pânico de ser atacado por um animal selvagem, contudo os fatos ainda estão sendo verificados…

1 de fevereiro, domingo. Vinte horas e 12 minutos.

Algum lugar na Floresta Nacional de Los Padres.
 
Vejam bem e prestem atenção, histórias negras que perpassam por obscuras sendas… Todas começam do mesmo jeito, afinal, todas fazem parte da mesma história…

Observem, os sete adolescentes caminhando por sobre uma das inúmeras trilhas da floresta, rindo, gritando, fazendo uma maldita algazarra. Mas, ambiente estava aconchegante, um vento agradável batia contra o rosto dos jovens, jogando seus cabelos para trás, conforme eles caminhavam noite adentro.  A floresta era uma representação real do imaginário dos garotos, nada de lúgubre, nada de medonho, parecia que a mata gostaria de obedecer aos desejos dos garotos, formando um clima bom, propício para suas fantasias… Apenas parecia…

Enquanto andavam podiam ouvir, em meio aos seus risos, o criquilar dos grilos, como que para saudá-los. As correntes de ar traziam mais do oxigênio e gases atmosféricos, levavam até os jovens os cheiros da terra molhada, o sabor de fontes cristalinas de longe o coaxar dos sapos e o som da água de algum riacho caudaloso.  O clima era de conto de fadas, até mesmo as tímidas corujas, que calavam-se na presença de estranhos pareciam cantar aos coros para os jovens, recebendo-os com “uh-uhs”, para que não se sentissem sozinhos na imensidão verde e toda essa baboseira que contos da Disney cansam de passar para as pobres criancinhas.

E assim os adolescentes iam: alheios ao horror que a trama do universo havia lhes preparado, acreditando estar em apenas uma viagem pela Floresta Nacional de Los Padres

9 Comments»

  • To gostando, bem clima filme de terror!! A descrição que você deu me fez lembrar filmes do cinema em casa e seção da tarde hehehe…

    Bom, a história é huge!! Cortei ela antes de começar os diálogos, pois ai não tinha mais como fazer um corte decente e tendo um tamanho agradavel.

    Mas é isso ai. Primeira história do Renan Barcellos aqui no ONE, seja bem vindo! =)

  • Andrey Ximenez says:

    Gostei bastante, a sinopse me lembrou algo como Bruxa de Blair =D

    Um pekeno detalhe, começaste uma frase com “MAS”… não creio q tenha sido acertado… vai saber

    =D

    Divertido, quero ver a continuação.

  • Vitor Vitali says:

    Gostei. Simples e legal. : )

  • Pedro Torres says:

    Hal Emmerich?
    você tirou esse nome de Metal gear Solid não foi.
    legal a citação…
    =D
    muito bom o conto tbem.
    =D

  • G. J. Pinheiro says:

    Muito bom:)

  • E.U Atmard says:

    Muito bom, está de parabéns Renan. Lembrou-me a Carrie do Stephen King, não sei porquê. Talvez seja pelas notícias.

    Um detalhe minúsculo. Na data, não se esqueça de pôr dia, data e hora sempre pela mesma ordem, senão fica uma salganhada

  • Renan Barcellos says:

    Valeu por ter lido, comentado, dado dicas e pela boa recepção, pessoal ^^

    Eu realmente quis fazer algo como “um filme de terror” é bem clichê na verdade, mas acho que é justamente isso que tornaria uma “expedição” como essa até que verossimil.

    Como o Andrey falou, aquele mas ali ficou estranho, acho que vou mudar para reticencias.

    E sim, o nome eu peguei de metal gear, algo como uma homenagem xD

    Mais uma vez agradeço à todos.

    Ps: Atmard, no original vou modificar o padrão das datas, obrigado.

  • RenanMacSan says:

    Tbm me lembrou Bruxa de Blair. Espero a continuação.
    Gostei dos nomes dos jovens, traz uma indicação de um grupo variado. Brancos, um negro, um judeu e um latino. Acho que foi essa a intenção né?

  • Lord Jessé says:

    Muito bom!

    Foi ótima a a parte em que você cita os contos da Disney.
    desde que, eles não comecem a cantar e dançar
    como nos musicais da Disney.

RSS feed for comments on this post.TrackBack URL


Leave a Reply

Powered by WordPress. © 2009-2014 J. G. Valério