O Nerd Escritor
Feed RSS do ONE

Feed RSS do ONE

Assine o feed e acompanhe o ONE.

Nerds Escritores

Nerds Escritores

Confira quem publica no ONE.

Quer publicar?

Quer publicar?

Você escreve e não sabe o que fazer? Publique aqui!

Fale com ONE

Fale com ONE

Quer falar algo? Dar dicas e tirar dúvidas, aqui é o lugar.

To Do - ONE

To Do - ONE

Espaço aberto para sugestão de melhorias no ONE.

Blog do Guns

Blog do Guns

Meus textos não totalmente literários, pra vocês. :)

Prompt de Escritor

Prompt de Escritor

Textos e idéias para sua criatividade.

Críticas e Resenhas

Críticas e Resenhas

Opinião sobre alguns livros.

Sem Assunto

Sem Assunto

Não sabemos muito bem o que fazer com estes artigos.

Fórum

Fórum

Ta bom, isso não é bem um fórum. :P

Projeto Conto em Conjunto

Projeto Conto em Conjunto

Contos em Conjunto em desenvolvimento!

Fan Page - O Nerd Escritor

Página do ONE no Facebook.

Confere e manda um Like!

@onerdescritor

@onerdescritor

Siga o Twitter do ONE!

Agenda

Agenda

Confira os contos e poemas à serem publicados.

Login

Login

Acesse a área de publicação através deste link.

(15) Orcs [poesia]

Publicado por The Gunslinger

– que publicou 1572 textos no ONE.

Ocupação: Analista de Sistemas de Colaboração, Escritor, Blogueiro.

Grupo a que é filiado: O Nerd Escritor, Blog do Gunslinger.

Base de operações: Corupá, SC – Brasil.

Interesses: Literatura, Cervejeiro, Internet, Teoria Computacional da Mente, Tiro com Arco e Futebol Americano.

Autor(es) Influênte(s): Stephen King, Bernard Cornwell, J.R.R. Tolkien, Neil Gaiman, Patrick Rothfuss, Paulo Coelho.

Livros que recomendo: A Torre Negra (Stephen King), Crônicas Saxônicas (Bernad Cornwell), Crônica do Matador do Rei (Patrick Rothfuss), O Silmarillion (J.R.R. Tolkien), Lugar Nenhum (Neil Gaiman), O Diário de um Mago (Paulo Coelho).

>> Confira outros textos de The Gunslinger

>> Contate o autor

* Se você é o autor deste texto, mas não é você quem aparece aqui...
>> Fale com ONE <<

Nov
05
2009

Kzak o senhor dos mortos – Prólogo

Escritor: Jones Viana Gonçalves

kzak-o-senhor-dos-mortos

A escuridão do complexo de cavernas da montanha de Rion era quebrada apenas pela luz esverdeada dos musgos esmeralda, como eram chamadas estas plantas. No centro da grande sala, sentado em seu trono rústico esculpido na pedra crua estava Ross Sharpen Horn, um rei maligno, ele tem o rosto apoiado nas palmas das mãos, o olhar nervoso, seus olhos corriam de um lado ao outro buscando em cada entrada de sua sala, esperava por noticias do mundo exterior. Seu povo estava impaciente, havia prometido aos Garkos, seres de sua raça meio demoníaca meio humana, de que teriam gloria com seus algozes a arrastarem-se sob seus pés pedindo perdão pelos anos de humilhação e maus tratos que estes haviam lhes infringido, mas para que seus planos de conquista fossem completos esperava por uma resposta, uma única resposta, e esta teria que vir, ou perderia o auxilio de seus pares impacientes que esperavam pela guerra.

Enfim a amargura do aguardo havia acabado. Seu informante acabava de chegar, Malock, um Garko pouco diferente dos humanos, não havia nele como em Sharpen Horn nenhum traço que denunciasse sua natureza, mas assim mesmo o sangue de seu pai demônio corria forte em suas veias. O rei de pele acinzentada levantou seu rosto e o desprendeu do pedestal formado pelas mãos, seu olhar angustiado em busca de resposta fez Malock não perder muito tempo, pois sabia que aquele olhar logo poderia mudar para um aspecto de fúria tão prodigiosa como poucos bárbaros seriam capazes de reproduzir.

– Ele está lá meu senhor, na cidade de Boolai. – Respondeu o informante a questão estampada nos olhos de seu rei.

Um ar de alivio percorreu o corpo do monarca e como que por reflexo seu corpo tenso recostou-se mais confortável em seu trono de pedra. O primeiro passo para a conquista havia sido dado.

– Reúna os homens e chame o general Black Wings para que montemos a estratégia. Malock quero que você também esteja pronto com o seu grupo disfarçado dentro da cidade, não quero falhas nesta etapa dos nossos planos entendeu? – Agora o rei estava confiante. Seus planos seriam completados e as graças de seu povo ele teria.

Malock girou nos calcanhares e seguiu pelo corredor oeste deixando seu rei a sós sonhando com o dia no qual viria à vitória definitiva e finalmente honraria seu povo, porém sabia que ainda iria demorar para que sua própria glória chegasse.


Categorias: Contos,Kzak o senhor dos mortos | Tags:

9 Comments»

  • Esse aqui é praticamente um livro que o Jones escreveu e esta liberando em partes aqui. A imagem eu escolhi… meio ao acaso, não consegui encontrar uma em tempo hábil, mas isso ainda pode ser alterado =)

    Em breve continuação… que eu esqueci de agendar.. D’oh!

  • Thabata Scorpioni says:

    Adorei o seu jeito de descrever. Muito bom.
    E me deu vontade de jogar Devil May Cry.

  • Vitor Vitali says:

    Uh, parece história de RPG. Legal ^^

  • Jones says:

    Este é um texto com mais ou menos 200 pgs em A4 que levei aproximadamente 1 ano escrevendo, e ainda estou digitando he he he he. Tudo o que posso dizer é Preparem-se pra 20 e alguns capitulos de fantasia medieval enquanto eu me ausento por uns tempos das escritas de contos. Abraços a todos.

  • O Jones e o RPG andam de mãos dadas!

    E.. 200 páginas.. ai ai. Tenho que agendar isso.

  • Jones says:

    Andavamos, agora apenas relembro os tempos de jogatina e escrevo sobre eles, quero voltar a jogar, o problema é ter tempo para isso he he he he.

  • Renan Barcellos says:

    Parabens cara, esta muito bom ^^

  • Jones says:

    Brigadão Renan, espere pela continuação. Outra coisa que ainda não havia dito, o mundo deste romance é o mesmo dos contos a seguir: “Exterminio”, “O mago de Arcondris”, “Histórias de um velho Garko”, e “O fim das batalhas de Noah”.

  • Matt says:

    karambaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa quanto + leio + vontade da de nao parar!!!!!!!!!

RSS feed for comments on this post.TrackBack URL


Leave a Reply

Powered by WordPress. © 2009-2014 J. G. Valério