O Nerd Escritor
Feed RSS do ONE

Feed RSS do ONE

Assine o feed e acompanhe o ONE.

Nerds Escritores

Nerds Escritores

Confira quem publica no ONE.

Quer publicar?

Quer publicar?

Você escreve e não sabe o que fazer? Publique aqui!

Fale com ONE

Fale com ONE

Quer falar algo? Dar dicas e tirar dúvidas, aqui é o lugar.

To Do - ONE

To Do - ONE

Espaço aberto para sugestão de melhorias no ONE.

Blog do Guns

Blog do Guns

Meus textos não totalmente literários, pra vocês. :)

Prompt de Escritor

Prompt de Escritor

Textos e idéias para sua criatividade.

Críticas e Resenhas

Críticas e Resenhas

Opinião sobre alguns livros.

Sem Assunto

Sem Assunto

Não sabemos muito bem o que fazer com estes artigos.

Fórum

Fórum

Ta bom, isso não é bem um fórum. :P

Projeto Conto em Conjunto

Projeto Conto em Conjunto

Contos em Conjunto em desenvolvimento!

Fan Page - O Nerd Escritor

Página do ONE no Facebook.

Confere e manda um Like!

@onerdescritor

@onerdescritor

Siga o Twitter do ONE!

Agenda

Agenda

Confira os contos e poemas à serem publicados.

Login

Login

Acesse a área de publicação através deste link.

(2) Moby [agenda]
(3) Prova [agenda]
(13) Burqa [poesia]
(11) Ursos [poesia]
(14) 100 [conto]

Publicado por ONEbot

– que publicou 282 textos no ONE.

Oi!

Sou o ONEbot. Se esse texto esta em meu nome, provavelmente ele foi publicado no ONE nos primórdios de sua existência.

O autor real do texto deve aparecer junto ao corpo dele, logo no incio.

>> Confira outros textos de ONEbot

>> Contate o autor

* Se você é o autor deste texto, mas não é você quem aparece aqui...
>> Fale com ONE <<

Feb
19
2010

Ortan registros, publicação 894 de 22

Escritor: Vinicius Machado

ortan-registros-publicacao-894-de-22

“724 de 22.
Esta é uma data que marcou a guerra. todos sabiam que tinha a remota chance de ter vida em algum outro lugar do cosmos, mas assim tão perto?” Vazioc II

Quando ele chegou todos estavam em choque. Desceu aquele ser trajado de branco, com um emblema no ombro direito, parecia uma bandeira. Pensamos que seria passivo, que queria apenas fazer uma troca de culturas. Não. Após ver todos nós ele deu meia volta para dentro de seu veiculo, voltou segurando um objeto cilíndrico, apontou para a uma senhora que estava perto e atirou, causando pânico em todos, que largaram seus veículos e correram para qualquer lugar, então aquilo começou a atirar. Levou três de nós.

As autoridades começaram a se mexer, todo o planeta uniu sua força bélica e a posicionaram de forma estratégica. O mundo ficou em alerta. Foram 4 longos anos até que eles chegaram, nossos combatentes não tentaram e nem esperaram que fizessem algum contato, atiramos, acertamos, matamos.

Examinando a tecnologia deles percebemos que não estávamos preparados para isso, era muito avançado. Tentamos copiar, reproduzir e falhamos. Foi questão de pouco mais de 5 anos, vieram em massa, todos tentaram resistir, mas depois de 1 ano a derrota era eminente, fomos vencidos, escravizados.

Como em toda repressão, formou-se uma resistência. Em 742 de 22 nos rebelamos, fomos brutais, usávamos apenas armas brancas, manchamos elas com o rubro do sangue. Foram 4 meses de guerra, ninguém atrevia-se a pisar nas ruas com medo da morte. Fomos derrotados. Começamos um movimento contra a ditadura, mas logo foi sessada com acordos.

Hoje o ar é de paz, podemos ler, escrever, cantar, fazer o que quisermos, pois eles começaram a nos reconhecer como “humanos”.

Hoje Ortan e a Terra vivem em paz, um na mira do outro.

Ortan registros. 894 de 22


Categorias: Contos | Tags: ,

17 Comments»

  • Opa! meus contos estão aparecendo \o
    espero que gostem!

  • Christian Heidrich says:

    É a paz armada, mais uma vez!Ótimo conto.Tomarei cuidado quando olhar pro céu.

  • Nossa, fui analfabeto total nesse ai!
    Desculpem xD

  • Na verdade, como esse conto aida esta na agenda.. diz ai o que precisa ser alterado, que eu mudo ali em cima para você 😉

  • Danilo Luiz says:

    Realmente tem algumas frases estranhas. Ainda não foi totalmente publicado né? Depois pretendo reler, porque sinceramente não entendi :p , mas talvez seja o sono. 😀

  • Andrey Ximenez says:

    Revisão antes de publicar é bom Vinicius!
    o/
    Mesmo assim ta legal, só é o tipo de texto que precisa ter continuação neh.

  • Eu curti.. achei que poderia ter sido até mais desenvolvido. Só tem que cuidar com algumas palvras repetidas varias vezes.. em curto espaço de tempo! =)

  • Vinicius Machado says:

    Eu vou dar uma repaginada nele! Não ficou muito clara a minha intenção, mas assim que eu terminar te mando (dai ele vai se chamr diferente)
    E desculpe a todos que lerem, sim esta muito mal escrito(não revisei)

    • Ok! Mas sem grilo cara… isso aqui é um laboratório.. não é formado por escritores profissionais. Mas é sempre bom mostrar preocupação pela obra e sempre querer escrever algo melhor. =)

    • Vinicius Machado says:

      ele vai ter mais coisas, foi o que eu quis dizer! Mas vai levar um tempo ainda, assim que der eu mando xD! Pode ser? Obrigado.

  • Maneiro. Um dia eles virão, e eu estarei pronto pra chutar as bundas desses extraterrestres malditos

  • Vitor Vitali says:

    Achei vago. A história pareceu interessante; queria mais. :/

    • Eu tb queria mais… como até ja comentei la em cima! 🙂

      • Atreus says:

        Concordo com o Vago. Tudo muito rapido. A nao ser que seja uma introduçao de um verdadeiro conto.

        Me parece mais um resumao de tudo.Resumao legal,mas resumao.

        Gostei mesmo. Mars attack encontra distrito 13!

  • Gostei do estilo dele assim.Foi super curto, rápido e conseguiu passar a mensagem beeeeem resumida. Porém acho que nao chegariam matando O.o

    • Vinicius Machado says:

      Como eu disse lá em cima, ele não ficou do jeito que eu queria! E por isso acho que vocês não entenderam quem estava sendo invadido xD…Na verdade os carinha de ortan estavam sendo invadidos…Como não pus detalhe nenhum em lugar nenhum do conto, quase. Ficou dificil e entender. Eu reli e tive que lembrar qual quem era quem xD. Mas ele esta em andamento aqui, quando terminar mando pro Pistoleiro, se não tiver problema…

RSS feed for comments on this post.TrackBack URL


Leave a Reply

Powered by WordPress. © 2009-2014 J. G. Valério