O Nerd Escritor
Feed RSS do ONE

Feed RSS do ONE

Assine o feed e acompanhe o ONE.

Nerds Escritores

Nerds Escritores

Confira quem publica no ONE.

Quer publicar?

Quer publicar?

Você escreve e não sabe o que fazer? Publique aqui!

Fale com ONE

Fale com ONE

Quer falar algo? Dar dicas e tirar dúvidas, aqui é o lugar.

To Do - ONE

To Do - ONE

Espaço aberto para sugestão de melhorias no ONE.

Blog do Guns

Blog do Guns

Meus textos não totalmente literários, pra vocês. :)

Prompt de Escritor

Prompt de Escritor

Textos e idéias para sua criatividade.

Críticas e Resenhas

Críticas e Resenhas

Opinião sobre alguns livros.

Sem Assunto

Sem Assunto

Não sabemos muito bem o que fazer com estes artigos.

Fórum

Fórum

Ta bom, isso não é bem um fórum. :P

Projeto Conto em Conjunto

Projeto Conto em Conjunto

Contos em Conjunto em desenvolvimento!

Fan Page - O Nerd Escritor

Página do ONE no Facebook.

Confere e manda um Like!

@onerdescritor

@onerdescritor

Siga o Twitter do ONE!

Agenda

Agenda

Confira os contos e poemas à serem publicados.

Login

Login

Acesse a área de publicação através deste link.

(2) Moby [agenda]
(3) Prova [agenda]
(13) Burqa [poesia]
(11) Ursos [poesia]
(14) 100 [conto]

Publicado por ONEbot

– que publicou 282 textos no ONE.

Oi!

Sou o ONEbot. Se esse texto esta em meu nome, provavelmente ele foi publicado no ONE nos primórdios de sua existência.

O autor real do texto deve aparecer junto ao corpo dele, logo no incio.

>> Confira outros textos de ONEbot

>> Contate o autor

* Se você é o autor deste texto, mas não é você quem aparece aqui...
>> Fale com ONE <<

Apr
21
2010

Rex Virtualis – Who Watches The Watchers

Escritor: Gerson Machado de Avillez

rex-virtualis

Um Clone atormentado. Assim se poderia resumir aquele estranho homem que sentado ligava-se a alguns fios e tubos onde este entristecido se inclinava sob seu próprio corpo enquanto se realizava algum procedimento bizarro. Perto dele logo se poderia ver um homem de costas próximo a uma imensa caixa aberta com a inscrição “All-Tomato Inc”, ele segurava uma espécie de manual ou manuscrito extremamente antigo do qual ao se virar a página se via um desenho exatamente da estranha armadura encontrada em Paris. Logo ao se virar vemos que é Lory Ferguson. Ele está num laboratório junto a outras pessoas enquanto ele via uma das coisas que a versão bizarra de Watchman estava ligado aquela estranha máquina que aparentemente construía tecidos humanos.

Quando ele adormece e emerge num emaranhado de memórias insólitas e conflitantes. Antes se via numa espécie de sala igualmente onde se encontrava o homem que a séculos fora sequestrado, e literalmente via trechos da vida de Watchman por seus olhos. Ele estava sofrendo, fisicamente pela máquina, e espiritualmente por aqueles conturbados genes que fervilhavam em suas veias. Ao acordar deste breve cochilo ele se levantou gritando assustado quando Lory e os demais olharam para ele. E em seus polegares quando as mãos se tornaram visíveis se podia ver que foram transplantadas, seriam os originais de Watchman?
Então, como ao invés de acalma-lo com boas palavras Lory se aproximou após pegar um livro próximo a ele e lhe deu numa demonstração de sua crueldade. Era o romance de Frankstein de Mary Shellen…
Os homens da equipe de Lory eram geneticistas e cientistas em boa parte especializados nos estudos de DNA, alguns renegados do projeto Genoma. A clonagem humana ainda era inviável, desde exemplos criados de clones de ovelhas vimos uma série de efeitos colaterais como doenças congênitas e genéticas se desenvolverem encurtando a vida destes, isto quando sobreviviam o suficiente.
Mas assim como re-criaram uma orelha humana num rato anos atrás eles desenvolveram um método de criação de tecidos a partir de células tronco e que por meio de uma experimental terapia genética buscavam mudar a genética da própria pessoa, mesmo que ainda completamente limitada e com enormes e irreversíveis danos no que eles aplicavam.
Aquele homem seja lá o que fosse era uma aberração. Usaram o corpo de um indigente que ainda vivo recebeu transplantes de tecidos recriados e sofreu por todos os dias a terapia genética. Sequestrado seja de onde fosse, ele agora não era mais um ser mas fragmentos de tantos outros misturado num corpo doloroso numa experiência simplesmente inescrupulosa.
Bombardeado por uma sobrecarga terapêutica ele via outras partes de corpos sendo recriadas para transplantar nele. Tendo sua memória apagada frequentemente recebia cargas de um equipamento chamado OM e um similar a PEM (Pulso Eletromagnético focalizado) sobre seus tecidos do qual demonstravam uma influência em diversos níveis de frequencia similares ao do cérebro para atingi-lo especialmente como meio para programa-lo. Além do mais ainda recebia doses diárias de lavagem cerebral, de modo que pouco a pouco perdia sua identidade…
Não havia parâmetros perante qualquer lei para o que faziam naquele lugar seja qual fosse. Junto a isso uma série de pequenos eletrodos subcutâneos se espalhavam pelo seu corpo até o cérebro para outros experimentos mais grotescos como para tentar controlar até seus movimentos, enquanto pequenos implantes nos ouvidos lhe passavam instruções do que fazer quando em missão. E ao menos na missão que lhe dera fora bem sucedido…

Enquanto isso no MIT Angelus Bishop após receber os relatórios da equipe no Rio de Janeiro realizava uma pesquisa cruzando dados e novas informações passadas no relatório afim buscar discrepâncias que indicassem qualquer coisa que ligasse os últimos eventos no Brasil ao Japão eram feitas e logo Bishop descobriu movimentos incomuns de uma empresa de exportação e importação de frutas trangênicas chamada All-Tomato Inc, havia estranhas movimentações de transporte internacional realizadas no período que faziam a ponte aérea entra Brasil, Japão e EUA. A curiosidade era o fato de do Brasil normalmente não estar na rota comercial desta empresa e tão pouco tivesse firmado qualquer contrato recente para justificar qualquer transporte levando ele a investigar sobre a impresa que era especializada em desenvolver e distribuir frutas transgênicas especialmente maçãs e tomates. Logo Bishop descobriu que a empresa japonesa estava registrada no nome de um russo chamado Hugh Sacha. Curioso com o fato e quando o nome fora confrontado com os arquivos do DIA descobriu-se sua ligação com desertores mercenários da antiga KGB do qual apesar da ausência de provas se suspeitava que a suposta empresa era responsável por trafico de armas entre outras coisas.
Tendo-se estas informações em mãos logo Bishop entrou em contato com o governo japonês enquanto uma equipe já estava a postos aguardando a viagem e a do Brasil já estava a chegando lá…
Ao chegarem no Japão eles foram recebidos por Theodore Mitnick que lá já estava fazendo um trabalho de inteligência recolhendo dados, fotos e quaisquer informações junto a inteligência da policia local sobre a sede da All-Tomato Inc localizada num enorme galpão no subúrbio do Japão. Assim que aportaram no aeroporto imediatamente Mitnick apresentou-os as autoridades locais que o receberam discretamente acompanhados de alguns cientistas liderados por Akihiro Sadao, o levando até um lugar para passarem as informações por acreditar que tinha pouco tempo.
Akihiro Sadao era um homem baixinho com os cabelos liso pesado descendo quase sobre seus oculos do qual com um estranho sorriso na cara fazia com que nenhuma pessoa o desse crédito tratando-o apenas como um nerd por ser relativamente novo – deveria ter uns 40 anos. Porém ele era um promissor cientista que junto a sua equipe desenvolvera um novo tipo de equipamento que fosse capaz de detectar os mais variados tipos de frequências ligadas a campos magnéticos como meio de buscar padrões que precedessem abalos sísmicos do qual o Japão frequentemente sofria. Essa era uma das peculiaridades do Japão do qual mediante suas belas tradições ligadas a seu passado de glória e honra se confrontava com a tecnologia de ponta que competia palmo-a-palmo com institutos americanos tal como o MIT. Assim como toda suas cultura, especialmente pós guerra a vingança do Japão fora na inteligência uma vez que sofreu enormes sansões internacionais e mal tinha exército criando tudo a seu redor relacionada a seus traumas e essa inovadora tecnologia chamada carinhosamente por Mitnick como e-Tremor por provocar náuseas e uma leve vibração a quem e o que estivesse próximo a máquina. O que o fazia lembrar de ocorrências de doenças a isto relacionado tal como começaram a surgir uma grande quantidade de alérgicos a sinais como wi-fi do qual enchiam o Hospital de Doenças Virtuais (HDV ou HDCC)
Logo Akihiro Sadao comentou que um dos principais da equipe, um jovem gênio que sofria de Síndrome de Asperger, chamado de Chikako Hajime, desaparecera a pouco mais de um ano. Sadao acreditava piamente que teria sido levado até o suposto galpão, além do mais ao se utilizar o equipamento mais recentemente, antes de entrar em contato com Mitnick, ele havia detectado um sinal intermitente similar aos que precediam tremores vindo das mediações do galpão da All-Tomato Inc, mas que ao irem até lá nada descobriram levando eles a crer que fosse do interior da terra – o sinal aparentemente viera do subsolo. Apesar de levarem posteriormente ele junto a policia buscar algum mandato que os levassem a inspecionar o local, perderam tempo conseguindo no máximo entrarem lá com a inspeção sanitária. Porém isto os levou a coletarem alguns dados inusitados. Apesar de não haver aparentemente nada no galpão – e os alimentos estarem sendo estocados em condições adequadas – além de perceberem uma estranha movimentação durante a madrugada por caminhões da All-Tomato Inc havia um lugar praticamente inviolável eletronicamente do que Sadao chamada de janela eletromagnética. Partindo-se disto, e pela assinatura neste estranho lugar era tipicamente de Hajime o que levou ele a crer que ele estava ali em algum lugar…
Mas agora seria diferente, eles tinham um mandato judicial que permitiam eles investigar cada centímetro daquele lugar, mesmo que eles não soubessem como fazer para passar neste local pois Akihiro havia notado apenas poucas falhas. Ao falar isso Yates Winston e John Roberts pediram para ver o papel onde registrava as oscilações neste campo eletromagnético misterioso e notaram algo que Akihiro não havia percebido, um padrão intermitente que demonstrava algum tipo de ciclo. Se havia uma coisa que John Roberts descobriu é que esta gente sempre deixava rastros simbólicos pelo caminho quisessem ou não e assim logo notaram que as falhas não eram ao acaso, mas seguiam um padrão e horários apesar de não serem no mesmo dia. Assim Yates pediu para pegar o antigo logo da empresa de Watchman, aquela com as três setas e resolveu fazer um paralelo com um relógio analógico colocando cada uma das setas como equivalentes a hora, minuto e segundos alternando os horários em PM e AM chegando as seguintes horas:

00:20.37 / 00:37.20
4:00.37 / 4:37
7:20.37 / 7:37.20
12:20.37 / 12:37.20
16:00.37 / 16:37
19:20.37 / 19:37.20

Ao confrontarem estes novos dados com os registros do e-Tremor eles perceberam que as oscilações era mais fortes justamente entre 4:00.37 e 4:37 e depois as 16:00.37 até as 16:37 do mesmo dia. Mas isso ainda não respondia ainda assim o porque de não ser todos os dias, mas ao buscarem mais padrões descobriram que estas oscilações sempre ocorriam mais fortemente de seis e seis dias! Uma vez percebendo isso eles junto a equipe tática chegaram a conclusão de que aquele dia não era o melhor para ir ao local, mas no dia seguinte e assim perceberam que Yates Winston e seu pessoal poderiam descansar o restante daquele dia.


Categorias: Contos,Rex Virtualis | Tags:

1 Comment»

  • Franz Lima says:

    Uma história com enredo bastante interessante. Watchman, genoma, tremores, conspirações… muito legal. Contudo, o entendimento do texto fica um pouco comprometido por causa da pontuação deficiente. Creio que vale uma revisão e, certamente, uma continuação. Boa sorte.

RSS feed for comments on this post.


Leave a Reply

Powered by WordPress. © 2009-2014 J. G. Valério