O Nerd Escritor
Feed RSS do ONE

Feed RSS do ONE

Assine o feed e acompanhe o ONE.

Nerds Escritores

Nerds Escritores

Confira quem publica no ONE.

Quer publicar?

Quer publicar?

Você escreve e não sabe o que fazer? Publique aqui!

Fale com ONE

Fale com ONE

Quer falar algo? Dar dicas e tirar dúvidas, aqui é o lugar.

To Do - ONE

To Do - ONE

Espaço aberto para sugestão de melhorias no ONE.

Blog do Guns

Blog do Guns

Meus textos não totalmente literários, pra vocês. :)

Prompt de Escritor

Prompt de Escritor

Textos e idéias para sua criatividade.

Críticas e Resenhas

Críticas e Resenhas

Opinião sobre alguns livros.

Sem Assunto

Sem Assunto

Não sabemos muito bem o que fazer com estes artigos.

Fórum

Fórum

Ta bom, isso não é bem um fórum. :P

Projeto Conto em Conjunto

Projeto Conto em Conjunto

Contos em Conjunto em desenvolvimento!

Fan Page - O Nerd Escritor

Página do ONE no Facebook.

Confere e manda um Like!

@onerdescritor

@onerdescritor

Siga o Twitter do ONE!

Agenda

Agenda

Confira os contos e poemas à serem publicados.

Login

Login

Acesse a área de publicação através deste link.

(2) Moby [agenda]
(3) Prova [agenda]
(13) Burqa [poesia]
(11) Ursos [poesia]
(14) 100 [conto]

Publicado por ONEbot

– que publicou 282 textos no ONE.

Oi!

Sou o ONEbot. Se esse texto esta em meu nome, provavelmente ele foi publicado no ONE nos primórdios de sua existência.

O autor real do texto deve aparecer junto ao corpo dele, logo no incio.

>> Confira outros textos de ONEbot

>> Contate o autor

* Se você é o autor deste texto, mas não é você quem aparece aqui...
>> Fale com ONE <<

Apr
21
2010

Você tem medo do Escuro?

Escritora: Pradolyne

Sou um homem andando pela rua, sozinho. Se estivesse acompanhado, talvez eu estivesse pior. Não consigo enxergar muita coisa durante a noite. Nem de dia. Não consigo, na verdade, enxergar nada. Sou um cego na multidão, e essa mesma multidão é meu breu noturno. Sinto-me cego diante de tudo, como se eu tivesse uma venda nos olhos. Há alguém que se sinta assim?

Sou um homem andando pela rua, sozinho. Talvez hoje eu enxergue melhor que ontem. Eu andei lendo. E estudando. E entendendo as coisas. Talvez meu medo do claro seja mais forte do que do escuro. No claro, as coisas parecem não ser justas. Mas são verdadeiras. No escuro não sofro… mas não vejo.

Sou um homem andando pela rua, sozinho. Tentei entender porque há pessoas que têm medo do escuro. Parece-me confortável aqui, sem nada que me afete. A escuridão é calma e aconchegante. Mas para mim não está tão aconchegante quanto antes. Li um pouco mais que ontem. Estou com medo do que irei encontrar quando a escuridão desaparecer. Eu deveria ter medo do que meus olhos podem enxergar?

Sou um homem andando pela rua, sozinho. Enxergando tudo ao meu redor. Tenho medo de tudo que me rodeia, mas consigo enxergar. Está tudo claro agora, e sinto-me melhor assim. Agora temo o escuro.

E você, tem medo do escuro?


Categorias: Agenda |

4 Comments»

  • vinicius machado says:

    Opa! Bem legal o texto cara! Forte…muito bom! Curtinho, mas muito expressivo. Gostei bastante mesmo! Gostei dessa analogia que você fez com o claro e escuro, o cara temer a verdade e sentir-se a vontade na mentira. é o que a nossa sociedade vive hoje, bem legal! ^^

  • Andrey Ximenez says:

    Gostei… embora tenha um condução do texto… para um diálogo… q não me atrai
    =]

  • Lord Jessé says:

    Ah! Isso me fez lembrar uma musica que eu curto

    Fear of the dark.

  • Asami says:

    Muito bom… gostei do tema, lembrou-me o que minha saudosa mestra de Língua Portuguesa falava durante as aulas… algo sobre a ignorância ser a escuridão e a leitura ter o poder de transformar essa escuridão em luz, terminando sempre com a frase “O verdadeiro cego é aquele que não lê”, cujo autor não me recordo…

    Fiquei um pouco em dúvida se este texto realmente é um conto 🙁 , mas decerto o achei bastante agradável. Legal!

RSS feed for comments on this post.


Leave a Reply

Powered by WordPress. © 2009-2014 J. G. Valério