O Nerd Escritor
Feed RSS do ONE

Feed RSS do ONE

Assine o feed e acompanhe o ONE.

Nerds Escritores

Nerds Escritores

Confira quem publica no ONE.

Quer publicar?

Quer publicar?

Você escreve e não sabe o que fazer? Publique aqui!

Fale com ONE

Fale com ONE

Quer falar algo? Dar dicas e tirar dúvidas, aqui é o lugar.

To Do - ONE

To Do - ONE

Espaço aberto para sugestão de melhorias no ONE.

Blog do Guns

Blog do Guns

Meus textos não totalmente literários, pra vocês. :)

Prompt de Escritor

Prompt de Escritor

Textos e idéias para sua criatividade.

Críticas e Resenhas

Críticas e Resenhas

Opinião sobre alguns livros.

Sem Assunto

Sem Assunto

Não sabemos muito bem o que fazer com estes artigos.

Fórum

Fórum

Ta bom, isso não é bem um fórum. :P

Projeto Conto em Conjunto

Projeto Conto em Conjunto

Contos em Conjunto em desenvolvimento!

Fan Page - O Nerd Escritor

Página do ONE no Facebook.

Confere e manda um Like!

@onerdescritor

@onerdescritor

Siga o Twitter do ONE!

Agenda

Agenda

Confira os contos e poemas à serem publicados.

Login

Login

Acesse a área de publicação através deste link.

(2) Moby [agenda]
(3) Prova [agenda]
(13) Burqa [poesia]
(11) Ursos [poesia]
(14) 100 [conto]

Publicado por ONEbot

– que publicou 282 textos no ONE.

Oi!

Sou o ONEbot. Se esse texto esta em meu nome, provavelmente ele foi publicado no ONE nos primórdios de sua existência.

O autor real do texto deve aparecer junto ao corpo dele, logo no incio.

>> Confira outros textos de ONEbot

>> Contate o autor

* Se você é o autor deste texto, mas não é você quem aparece aqui...
>> Fale com ONE <<

May
13
2010

Ja pensou em viver hoje?

Escritora: Pradolyne

ja-pensou-em-viver-hoje

Às vezes as escolhas são difíceis. Não tem como fugir: haveremos de fazer escolhas. E você Já fez a sua escolha?

Você será feliz? Será uma pessoa bem sucedida? Já escolheu qual roupa irá usar hoje?

Já pensou em viver? O que pensar? A quem amar? Ou em quem acreditar? Você já pensou em Viver?

– Eu não sei, não sei…

– Até quando você será presa? Venha, me dê a mão, Ana, vamos voar. Fazer o que mais gostamos fazer… viver. Já pensou em viver hoje? Em se jogar? Deixar que a vida nos leve? Temos um ao outro… eu estarei aqui se precisar. Vamos, me dê a mão, é a nossa única chance.

Ana olhou para trás. Podia ver toda a sociedade olhando para ela, como uma estranha. Ela queria viver… eles não.

– Eu…

– Me dê sua mão ou não. Faça sua escolha: seja hipócrita como eles ou viva.

O que você acha de viver um pouco? Romper fronteiras. Quebrar as correntes dos países, da mídia, do mundo. Que tal fazer o que você mais gosta de fazer? Que tal VIVER?

Acho que vocês querem saber o que aconteceu com a Ana e a pessoa com a qual ela conversava. É simplesmente você e sua vida. Dê a mão para a sua vida e faça o que você ama fazer. Que tal viver um pouco? Que tal dar um final para essa historia?

E você, já pensou em viver hoje?


Categorias: Contos | Tags: , ,

19 Comments»

  • Andrey Ximenez says:

    Qse uma auto-ajuda. Nâo necessito disso, espero, no entanto, que seja agradavel à alguém.

  • Atreus says:

    hmmm … Eu quero um Le Burgao.

  • Lord Jessé says:

    Humm…
    é interessante!

  • Jones says:

    Sei não, tentou atingir o leitor de uma maneira meio esquisita na minha concepção.

  • Gabriel says:

    Não goistei, não… =(
    Me pareceu auto-ajuda, e eu não gosto de auto-ajuda.

  • Sei lá, eu não posso dar nenhuma opinião legal…por que eu não gosto desse tipo de tema…bem chato na minha opinião!

  • Quem nunca pensou em viver? Sinceramente eu penso todos os dias nisso. 😮

    Bem legal o conto! =)

  • Vitor Vitali says:

    Não gostei. E não acho que seja exatamente um conto. Mas, boas sorte nos futuros empreendimentos literários 🙂

    • E.U Atmard says:

      Isto é uma meta-ficção muito rebuscada e infantil. Mas é um bom começo, o caminho está correcto. Neste estilo sugiro Kundera, Sartre e Beauvoir, e um pouco de todas as comédias dos anos 70, que metiam as paragens dos filmes como cliché.
      Não está mau, mas podia estar mais desenvolvido, bem como a transição da narração da vida para o discurso podia estar mais ténue.

  • Asami says:

    Realmente parece auto-ajuda… mas tá valendo. Ao menos ao ler este texto descobri q

  • Samila says:

    nunca pensei em viver, eu só vivo…
    hum… não gostei muito do texto não…
    acho que faltou história… como o pesoal disse aí em cima… tá mais pra auto-ajuda…

  • vania.gomes says:

    Do pouquíssimo que estudei sobre contos, aprendi que é uma história que parte de um fato. Neste texto, não compreendi qual é o fato, o ponto de partida para a história…

    • Asami says:

      Também não. Como já disse, esse é um texto de auto-ajuda cuja principal lição é levar o leitor a pensar sobre sua vida e se ele vive de acordo com seus próprios preceitos ou se seguem a sociedade que o observa. 🙂

RSS feed for comments on this post.


Leave a Reply

Powered by WordPress. © 2009-2014 J. G. Valério