O Nerd Escritor
Feed RSS do ONE

Feed RSS do ONE

Assine o feed e acompanhe o ONE.

Nerds Escritores

Nerds Escritores

Confira quem publica no ONE.

Quer publicar?

Quer publicar?

Você escreve e não sabe o que fazer? Publique aqui!

Fale com ONE

Fale com ONE

Quer falar algo? Dar dicas e tirar dúvidas, aqui é o lugar.

To Do - ONE

To Do - ONE

Espaço aberto para sugestão de melhorias no ONE.

Blog do Guns

Blog do Guns

Meus textos não totalmente literários, pra vocês. :)

Prompt de Escritor

Prompt de Escritor

Textos e idéias para sua criatividade.

Críticas e Resenhas

Críticas e Resenhas

Opinião sobre alguns livros.

Sem Assunto

Sem Assunto

Não sabemos muito bem o que fazer com estes artigos.

Fórum

Fórum

Ta bom, isso não é bem um fórum. :P

Projeto Conto em Conjunto

Projeto Conto em Conjunto

Contos em Conjunto em desenvolvimento!

Fan Page - O Nerd Escritor

Página do ONE no Facebook.

Confere e manda um Like!

@onerdescritor

@onerdescritor

Siga o Twitter do ONE!

Agenda

Agenda

Confira os contos e poemas à serem publicados.

Login

Login

Acesse a área de publicação através deste link.

Publicado por leonardo mingotti

– que publicou 7 textos no ONE.

Por uma escrita reta e direta,sem curvas,sem explicações,apenas cena após cena sem perder o sentimento literário.

>> Confira outros textos de leonardo mingotti

>> Contate o autor

* Se você é o autor deste texto, mas não é você quem aparece aqui...
>> Fale com ONE <<

Jan
22
2013

A HISTORIA DA INVEJA

A HISTORIA DA INVEJA

 

Vem fazendo um calor terrível. Você acorda as 8 da manhã e já tá 40 graus. Tomo um banho gelado. Pego o carro e vou pra universidade. É um dia cansativo, morno e abafado. Os carros se movimentam devagar na BR 116. É um dia exaustivo. Entro na sala de aula sempre atrasado. Me coloco no meu lugar. A aula está devagar, tudo está devagar, tudo! Resolvo dar um basta. Saio da sala e resolvo dar o fora da faculdade. Meu cabelo me incomoda. Esta grande. Realmente me incomoda. O dia está quente. Resolvo cortar o cabelo. No caminho ponho meu braço pra fora e pego um vento. Me pergunto se um dia serei um escritor. Mau consigo aguentar uma aula chata, mau consigo ser um estagiário, será que conseguiria ser um escritor? Dilemas que batem na cabeça pra deixar você angustiado em um dia que não começa bem.

Chego pra cortar o cabelo, sento, a cabeleireira liga a máquina “passa a um “ eu falo. Ela começa a rapar minha cabeça, de repente entra um velho com um terno surrado e diz

“vem cá senhora, por acaso tu tem o hábito da leitura?”

“tenho sim” respondeu a cabeleireira.

“bem, você que trabalha com público, sabe muito bem que muitas pessoas são movidas pela inveja. As pessoas chegam e dizem ‘nossa como eu queria o corte de cabelo daquela pessoa’, ou seja, a senhora sabe bem o que é a inveja”

Então eu olhei pra ele, ele me olhou e então disse:

“veja bem meu rapaz, não estou falando de você” e prosseguiu “mas senhora continue cortando o cabelo do seu cliente, não perca tempo, corte cabelo do rapaz enquanto eu falo”

“Ta bom”

Ela continuou rapando minha cabeça e o velho continuou falando

“Bem, eu lhe trago aqui um livro chamado A HISTORIA A INVEJA, esse livro foi baseado em fatos reais, verídicos, é sério. Este livro custa 32 reais nas livrarias, eu te vendo por 10 reais, só 10 reais!”

“Brigado. Não quero”

“Tem certeza que não? É a historia da inveja, um livro muito bom, baseado em fatos reais. A senhora não pode deixar de ler A HISTORIA DA INVEJA”

“Não. Agora vai embora, me deixa trabalhar”

O velho foi embora. Saí da cabeleireira e fui dirigindo pra casa pensativo. Fiquei pensando se um dia eu seria um escritor. Fiquei pensando o que haveria naquele livro. “A HISTORIA DA INVEJA”, eu deveria ter comprado aquele maldito livro, pra falar a verdade eu estava morrendo de curiosidade. Droga. Cheguei em casa e liguei o computador, botei no google “a historia da inveja”, mas não havia absolutamente nada sobre o livro lá

Leonardo Mingotti


Categorias: Agenda |

No Comments»

RSS feed for comments on this post.


Leave a Reply

Powered by WordPress. © 2009-2014 J. G. Valério