O Nerd Escritor
Feed RSS do ONE

Feed RSS do ONE

Assine o feed e acompanhe o ONE.

Nerds Escritores

Nerds Escritores

Confira quem publica no ONE.

Quer publicar?

Quer publicar?

Você escreve e não sabe o que fazer? Publique aqui!

Fale com ONE

Fale com ONE

Quer falar algo? Dar dicas e tirar dúvidas, aqui é o lugar.

To Do - ONE

To Do - ONE

Espaço aberto para sugestão de melhorias no ONE.

Blog do Guns

Blog do Guns

Meus textos não totalmente literários, pra vocês. :)

Prompt de Escritor

Prompt de Escritor

Textos e idéias para sua criatividade.

Críticas e Resenhas

Críticas e Resenhas

Opinião sobre alguns livros.

Sem Assunto

Sem Assunto

Não sabemos muito bem o que fazer com estes artigos.

Fórum

Fórum

Ta bom, isso não é bem um fórum. :P

Projeto Conto em Conjunto

Projeto Conto em Conjunto

Contos em Conjunto em desenvolvimento!

Fan Page - O Nerd Escritor

Página do ONE no Facebook.

Confere e manda um Like!

@onerdescritor

@onerdescritor

Siga o Twitter do ONE!

Agenda

Agenda

Confira os contos e poemas à serem publicados.

Login

Login

Acesse a área de publicação através deste link.

(15) Orcs [poesia]

Publicado por The Gunslinger

– que publicou 1572 textos no ONE.

Ocupação: Analista de Sistemas de Colaboração, Escritor, Blogueiro.

Grupo a que é filiado: O Nerd Escritor, Blog do Gunslinger.

Base de operações: Corupá, SC – Brasil.

Interesses: Literatura, Cervejeiro, Internet, Teoria Computacional da Mente, Tiro com Arco e Futebol Americano.

Autor(es) Influênte(s): Stephen King, Bernard Cornwell, J.R.R. Tolkien, Neil Gaiman, Patrick Rothfuss, Paulo Coelho.

Livros que recomendo: A Torre Negra (Stephen King), Crônicas Saxônicas (Bernad Cornwell), Crônica do Matador do Rei (Patrick Rothfuss), O Silmarillion (J.R.R. Tolkien), Lugar Nenhum (Neil Gaiman), O Diário de um Mago (Paulo Coelho).

>> Confira outros textos de The Gunslinger

>> Contate o autor

* Se você é o autor deste texto, mas não é você quem aparece aqui...
>> Fale com ONE <<

Sep
10
2013

Igualmente diferentes

Dizem que sua pátria é a mais poderosa, mas o que tomam como fronteira é uma linha que não existe.

Dizem que sua crença é a certa, esquecendo que seus pedidos, desejos e orações são os mesmos.

Dizem que sua forma de governo é o melhor, sem entender que dentro de cada um existe o anseio incontrolável da liberdade.

Dizem que sua forma de pensar é a correta, sem compreender que todos são diferentes.

Dizem que seu povo é o mais puro e merecedor, sem perceber que todos são iguais.


Categorias: Blog do Guns |

3 Comments»

  • Claudeir da Silva Martins says:

    Guns! Estive um pouco afastado do ONE, mas aqui estou novamente. Agora, vejo que se trata de um texto para que cada leitor (a) possa conceber sua própria interpretação. Portanto, darei minha opinião e expressarei o que penso, sem querer parecer idiota ou sabichão.
    1 – O primeiro trecho me fez pensar diretamente nos EUA. Foi isso que me veio a mente como um flash de luz. Mas também serve para outras nações e pátrias, pois com o surgimento da internet, em breve, as fronteiras possivelmente deixaram de existir.
    2 – Sobre as crenças, olha, eu não sou religioso, nem sigo igreja alguma e também não sou ateu, todavia, nem todos os desejos e orações são os mesmos na minha opinião.
    3 – Realmente, no terceiro trecho, acredito que ninguém venha gostar de ser controlado, todos tem o direito de liberdade e tals. A melhor maneira de se construir uma sociedade forte, embora seja utopia, é desenvolver a consciência de todos desde infância, seja consciência humana, verde ou outra.
    4 – Deveras não existe forma correta de se pensar, apenas diferentes, e, é a diferença que faz a diferença. Palavras expressas, palavras dignas de se refletir.
    5 – De fato, todos somos iguais, não somos nem maiores e nem menores, mas iguais, em equilíbrio. Guns, continue escrevendo. No mais, um forte abraço, agora fui 🙂

    • eu comecei a escrever aqui minha explicação caso a caso.. mas achei melhor não o fazer. Como você mesmo falou.. é a interpretação de cada leitor.

      No geral.. o que posso dizer é que sim.. foi uma critica a Religião e a Politica. E também as pessoas que levantam bandeiras e são extremistas.

      • Claudeir da Silva Martins says:

        O tempo gasto é valido para se meditar sobre diversas questões, desde que não atrapalhe no cotidiano. Cara, de todos os textos aqui no blog, esse me chama mais a atenção, pois possui um quê de mistério e de interpretações diferentes.

        Exemplo: O que eu disse sobre o trecho 2 naquele dia, pode também ser interpretado como o cúmulo do extremismo das religiões, pois embora sejam diferentes entre si nos dogmas e doutrinas, seus pedidos e crenças acabam levando o homem a cometer crimes contra o próximo. Crimes esses como o genocídio da minoria, seja cristão ou islâmico, no final, ambas as religiões acabam por cometer os mesmos crimes, baseados em crenças diferentes para usarem como justificativa para se massacrar inocente.

        Nota: O mesmo digo em relação ao levantar das bandeiras em prol das causas extremistas, muitas vezes patrocinadas sabe-se lá por quem. E que muitas vezes levam a uma queda de sistema para se colocar outro e assim sucessivamente. Contudo, em nada acrescenta de bom para o desenvolvimento, pois quando uma nação é sólida, raramente se troca o sistema, como no caso EUA e Reino Unido. Todavia, governos de terceiro mundo estão sempre trocando de sistema, de décadas em décadas. Essa nota é apenas uma hipótese que formulei nesse momento e não precisa responder, só se quiser. : )

RSS feed for comments on this post.


Leave a Reply

Powered by WordPress. © 2009-2014 J. G. Valério