O Nerd Escritor
Feed RSS do ONE

Feed RSS do ONE

Assine o feed e acompanhe o ONE.

Nerds Escritores

Nerds Escritores

Confira quem publica no ONE.

Quer publicar?

Quer publicar?

Você escreve e não sabe o que fazer? Publique aqui!

Fale com ONE

Fale com ONE

Quer falar algo? Dar dicas e tirar dúvidas, aqui é o lugar.

To Do - ONE

To Do - ONE

Espaço aberto para sugestão de melhorias no ONE.

Blog do Guns

Blog do Guns

Meus textos não totalmente literários, pra vocês. :)

Prompt de Escritor

Prompt de Escritor

Textos e idéias para sua criatividade.

Críticas e Resenhas

Críticas e Resenhas

Opinião sobre alguns livros.

Sem Assunto

Sem Assunto

Não sabemos muito bem o que fazer com estes artigos.

Fórum

Fórum

Ta bom, isso não é bem um fórum. :P

Projeto Conto em Conjunto

Projeto Conto em Conjunto

Contos em Conjunto em desenvolvimento!

Fan Page - O Nerd Escritor

Página do ONE no Facebook.

Confere e manda um Like!

@onerdescritor

@onerdescritor

Siga o Twitter do ONE!

Agenda

Agenda

Confira os contos e poemas à serem publicados.

Login

Login

Acesse a área de publicação através deste link.

Publicado por dragunbr

– que publicou 12 textos no ONE.

eu sempre fui feliz até certo momento da minha vida até que decidi mudar…  agora eu só quero ajudar aqueles que sofrem mais do meu jeito mostrando minhas artes meus textos meu jeito de ver as coisas..

a vida é dura com todos mais a diferença é que uns se tornam fortes e mudam o jeito de viver já outros aceitam o fardo e continuam a viver como fracos…. eu só queria lutar por aqueles que não podem…mais acaba que todos morrem e só um sobrevive… mais alias oque você quer ?..oque você precisa ?…..Eu sou a razão pela qual seu futuro sofre mais também prospera….eu sou o remédio mais quando faço isso eu fico perdido dentro de min mesmo… eu vou fazer você chorar esta noite… o mundo considera você culpado, fraco, inútil por que eles também são… não desanime venha comigo não a hora melhor para jogar o jogo…

>> Confira outros textos de dragunbr

>> Contate o autor

* Se você é o autor deste texto, mas não é você quem aparece aqui...
>> Fale com ONE <<

Oct
21
2015

Chrono trigger VOL.2

600full-chrono-trigger-screenshot

depois de um grande desafio finalmente nossos heróis voltaram pra casa
Screenshot_2
-finalmente chegamos, marle oque você esta fazendo ?
-juntando energia para dar um super pulo
-…. ok….. chrono  é….
-espera por que você não jantam comigo hoje eu ficaria muito feliz (interrompe marle)
-não posso marle tenho muitas coisas pra fazer marle me desculpa, chrono porque você não leva ela té o castelo, tchau gente
-tchau lucca !
-então vai me acompanhar até o castelo chrono ?
-sim, vamos
saindo da feira eles passaram pela vila de truce onde chrono mora da vila eles foram para a floresta, finalmente chegando no castelo
Screenshot_3
e
ntrando no castelo eles são barrados pelos guardas e o chanceler
Screenshot_4
-princesa nadia, você esta bem ?, onde você esteve ? ouvi dizer que a senhora foi raptada os soldados estavam te procurando !
-raptada ?
-patife do cabelo ruivo foi você, não ?
-eu oque
-que raptou a princesa nadia !
-não chrono é ino…
-mentiraaa, admita você a confundiu e tentou tomar o trono ! terrorista ! peguem ele
-PAREM !!!! (gritou marle)
Screenshot_5
-PAREM COM ISSO !
-AHN?(disse o chanceler confuso)
-a princesa mandou a gente parar (diz os soldados)
-idiotas detenham-no
logo todos os soldados juntaram em cima de chrono e marle não pode fazer nada, chrono acorda numa sala sem entender nada os soldados o chama
-venha seu pivete o seu julgamento já vai começar
Screenshot_8
-eu sou chanceler o promotor e este é pierre o advogado, membros corte trazemos a frente o réu chrono, acusado de ter raptado a princesa nadia
-chronooo (grita a mãe de chrono)
-mãe, mãe me tira daqui eu não fiz nada
-então oque que aconteceu chrono (pergunta o chanceler)
chrono abaixa a cabeça e diz
-vocês não iam acreditar se eu disse
-diga filho (diz a mãe de chrono)
-viagem no tempo
-viagem aonde ?
-viagem no tempo, marle foi parar no passado e eu tive que ir la ajuda-la
-chega de dizer asneiras (diz o juiz)
-chronoo(grita a mãe dele)
-silencio (diz o juiz), chrono diga só a verdade
-tudo bem
-oque fazemos com ele fogo talvez ou a guilhotina ?
-chanceler !
-tudo bem vamos começar, chrono
-chrono é acusado de ter raptado a princesa nadia a questão é ele realmente raptou a princesa ? a resposta é… não de fato não teve nenhum rapto, eles se encontraram acidentalmente e a princesa perguntou se podia  unir-se a ele !(afirma o advogado)
-isso é verdade chrono quem começou toda a confusão ? ela ou você
-eu
-eu sabia mais o que realmente aconteceu ?(perguntou o chanceler)
-eu sem querer esbarrei nela e logo fui perguntar se estava tudo bem com ela logo depois ela perguntou se podia andar comigo e eu disse que sim, mais até ai eu não sabia que ela era  a princesa
-correto mais resposta uma coisa você já roubou alguma vez ?
-não nunca roubei nada
-objeção, isso não tem nada haver com o caso
-tem sim vou te provar agora (diz o chanceler)
-prove
-chrono diga a verdade a fortuna dela o tentou não foi ?
-não
-tem certeza, você realmente não foi tentado ?
-não mesmo
-não temos mais perguntas, meu cliente é homem humilde e nobre a defesa acabou juiz oque você tem a dizer(diz o advogado)
-o veredito foi dado, o veredito é inocente, mais se ela não a raptou, fugiu com ela três dias na solitária como punição
-levem-no (manda o chanceler)
-só um instante ! (diz nadia)
-chega (grita o rei ), comporte-se como uma princesa, até você tem que obedecer as leis ! deixe o chanceler cuidar do resto e esqueça oque aconteceu na cidade vamos embora
logo os soldados leram chrono marle senta no chão e começa a chorar
Screenshot_9
chegando até a prisão do castelo chanceler diz que chrono é o acusado de raptar a princesa
Screenshot_10
-então esse é o monstro que raptou a princesa (pergunta o supervisor)
-sim, ele foi considerado culpado e você deve cumprir a sentença
-chanceler você está mentindo, diga a verdade(diz chrono)
`-a execução sera daqui a três dias não tire os olhos de cima dele
-estranho,eu não lembro nada a respeito de uma execução(diz o outro soldado)
-oque ? como você pode me questionar ? a papelada deve estar presa na burocracia!
-sim senhor (diz o supervisor), guardas levem-no para a cela
logo os guardas deixam chrono inconsciente e levam ele para a cela
Screenshot_11
chrono logo acorda dentro da cela, ele logo ve uma bolsa com comida dentro
-alguns simpatizantes deixaram isso pra você seu nojento !
-obrigado, estou com fome, preciso arrumar um jeito de sair daqui se não irei morrer, não consigo pensar de barriga vazia…
logo chrono começa a comer oque tinha dentro da bolsa terminando de comer ele pensa em um plano ele se aproxima da grade e começa a conversar com os guardas
-ei caras ses podiam deixar eu fugir eu fui declarado inocente e o chanceler disse que sou culpado, vocês nunca foram acusados antes
-poxa cara eu já uma vez mais meu trabalho não permite, e eu preciso desse emprego (diz o guarda 1)
-você vai ficar dando ideia pra esse pirralho( diz o guarda 2)
-bem não tem nada pra fazer mesmo
-então cara você também nunca quis sair dessa prisão aposto que você nem pode sair daqui de dentro, nem pra ver a sua família
-verdade
-então você nunca saiu daqui ?
-bem sim e não, eu já sai daqui e estou a vários quilômetros daqui sim ….. na minha mente, mais eu já sai de verdade não
-então porque você não me ajuda a fugir, você não quer me ajudar ?
-bem sim e não, eu quero te ajudar a sair daqui e e volta pra casa sim na minha mente eu quero te ajudar a sair na vida real não porque eu dependo desse emprego
-tudo bem
-pare de falar agora se não eu vou te matar agora (diz o guarda 2)
-(é isso eu vou irritar esse guarda quando ele entrar eu mato ele e fujo) pode vir eu não tenho medo de você
-abra a porta
entrando na cela chrono saca a katana que ele tem escondida na calça e mata o guarda
-deixa eu passar se não te mato também guarda 1
-meu nome não é guarda 1 essa é só a minha numeração meu nome é ralph, e cara infelizmente eu vou ter que te impedir
-foi bom te conhecer ralph
chrono logo acerta a perna de ralph e deixa ele caido no chão
-eu não posso te matar você foi bem legal comigo e esse é o favor que posso te retribuir
chrono logo começa a fugir da prisão ate que ele chega num corredor sem saída e vem um golem de armadura pra cima dele logo os dois começa a brigar chrono logo acerta os dedos do pé dele depois acerta o braço o golem começa a chorar e reclama
-eles não me pagam o suficiente pra fazer isso (diz chorando o golem)

-relaxa algum dia você vai conseguir um bom emprego me desculpa ter de machucado
-eu só sou um golem pequeno a minha mãe vai brigar comigo.. abuaaaaaaaa
-choro estranho mais tudo bem agora tenho que ir
chrono logo entra em outra sala com um garoto preso numa guilhotina chrono logo solta o garoto
-obrigado meu nome é fritz, meu pai gerencia uma loja em truce aparece lá quando quiser posso te dar uns descontos legais
-a… ok….
chrono continua a correr pelos corredores do castelo quando finalmente ele chega na sala onde supervisor ficava
-aaa como você fugiu socorro !!!
o supervisor foge da sala e começa a subir as escadas quando de repente ele cai e chrono vê uma marca de bala em seu ombro logo lucca aparece e diz
-oh bem eu vim te salvar mais já que você esta aqui deixa você já adiantou boa parte agora vamos fugir
-ok
logo eles começam subir as escadas depois começam a corre pela ponte até que ela começa a tremer eles ignoram a tremor e continuam correndo até que o chanceler aparece
-agora vamos não escapam dragão tanque pegue eles logo um dragão mecânico aparece
Screenshot_12
-lucca tem alguma ideia de como derrotar isso
-vamos lutar do jeito que sabemos e ver do que essa maquina é capaz enquanto ela luta eu observarei os movimentos dela
-tudo bem
logo o dragão lança misseis chrono desvia, logo apos os misseis explorem no ar chrono corta o pescoço do dragão e em seguida saiu correndo e arrastando a espada pelo resto do corpo chegando ao final e corta o rabo do dragão, de repente o corpo do dragão fica verde e todos os danos são reparados, lucca tenta acerta o lança míssil mais o dragão é mais rapido e lança fogo lucca tenta usar sua nova arma uma bala explosiva ela da varias tiros consecutivos afim de acerta o dragão mais novamente ele fica verde e começa a se curar logo chrono decide atacar enquanto ele se curava
-assim não da lucca agora lança chamas
lucca lança a chama na espada de chrono logo chrono usa uma técnica chamad ciclone onde ele roda envolta do oponente e o corta ao mesmo tempo e com as chamas de lucca sua espada pega fogo
-podemos chamar isso de turbilhão (afirma lucca)
-depois falamos sobre isso mais oque você percebeu até agora
-que ele se cura independente de onde seja o dano e que suas armas são extremamente fortes e que deve haver alguma parte dentro do corpo que regenera as outras temos que descobrir qual é essa parte
-tudo bem acho que eu consigo subir em cima dele e achar isso rápido
logo chrono pula em cima do dragão e começa a cortar a suas costas
-acha mesmo que o dispositivo de cura ficaria num lugar tão obvio dragão tanque aproveita a chance e atropele aquela garota
-é isso chrono ele não esta num lugar obvio tente acerta num lugar que você nunca iria pensar que estivesse escondido
logo dragão tanque parte pra cima de lucca, ela tenta desviar mais o dragão consegue acertar sua perna
-tenho só uma chance se eu for usar esses golpe que aprendi com meu pai, relaxa e junte sua força num ponto da espada agora corte com toda sua força, SUPER ATAQUE !!!
logo chrono corta o vento mais desse vento sai uma imensa força que destroi a cabeça do dragão e logo o seu sistema de cura é desligado assim como o dispara misseis e fogo
-agora é só destruir o resto
Screenshot_13
logo o dragão explode logo assim levando chrono para trás, chanceler na pressa tenta pegar alguma coisa que restou do dragão mais acaba que a explosão destruiu parte da ponte e logo ele e os guardas tiveram que fazer uma ponta com os seus corpos, chrono e lucca passam por cima e continuam a fugir do castelo
Screenshot_14
chegando até a saída do castelo chrono e lucca são barrado pelos guardas logo uma voz é escutada
-PAREM !!!
logo marle se aproxima
-eles são meus amigos respeitem-nos
-mas senhora (questiona o soldado)
-PAREM AI
logo o chanceler aparece
-mais como você não estava na ponte com os soldados(diz chrono)
-sim, para sair dela os dois tiveram que morrer
-mais assim… você deixo eles morrerem assim tão facilmente
-…….sim…. mais oque eu vim dizer só obedeçam as ordens do rei
logo o rei se aproxima
-mais pai(reclama marle)
-quieta princesa nadia o trono e o reino vem antes de seus desejos
Screenshot_16
-oque? eu não deixo de ser uma pessoa só porque sou princesa !
-você arranjou ideias esquisitas saindo por ai!
-não “arranjei”  nada isso se chama “bom senso”
-princesa nadia
-te odeio vou embora
logo marle tira o vestido e fica só com sua roupa que ela usou para ir pra feira
-vamos chrono, lucca  temos que sair daqui
logo eles continuam a correr e escapam do castelo
-oque vocês estão esperando atras deles soldados inúteis (resmunga o chanceler)
-SIM SENHOR !!!!
-nadia….(sussurra o rei)
logo chrono marle e lucca chegam na floresta e os soldados os cercam logo o chanceler chega
-agora vocês não podem escapar
logo marle acha um caminho na floresta e eles começam a seguir esse caminho acaba que eles encontram outro portal os soldados os alcançam e o chanceler também
-agora sim vocês não podem escapar.. pera ai oque é isso ai azul
Screenshot_17
-vamos lucca abra esse portal
-mas não sabemos onde iremos parar
-i dai esse lugar fede vamos logo
-então chrono
-abre logo essa parada se não seremos presos de novo
-okay
logo lucca abre o portal e todos entram logo o portal se fecha e o chanceler fica sem entender nada
Screenshot_19
-mais oque onde eles foram parar
logo depois de passarem pelo portal eles acordam num lugar estranho parecendo uma fabrica abandonada
Screenshot_21
-hunf hunf (tosse lucca)
-onde estamos (pergunta estamos pergunta lucca)
-o chanceler nunca ira nos achar aqui (diz marle)
-sim mais onde estamos (novamente lucca pergunta)
-tudo aqui parece tão avançado (diz chrono)
-como se fosse outro mundo (diz marle)
-vamos dar uma olhada la fora deve ser bem bonito
-sim vamos
Screenshot_22
-…. bem não era oque eu esperava
-parece um lugar abandonado ou pós-apocalíptico
-sim vamos até aquela cúpula gigante ali em baixo acha que vamos encontrar resposta la
-ok vamos la
chegando até a cúpula eles vê muitas pessoas pobres parecendo mendigos eles decidem conversas com eles
-vocês tem dinheiro
-sim toma aqui um pouco
-você chama isso de dinheiro , pois bem guarde para vocês fara bem no futuro diz um homem do outro domo
-domo ? deixa
logo eles vão falar com outro homem
-senhor onde tem comida aqui
-vocês podem achar comida no domo arris, a noroeste mais vocês terão que passar pelo LAB 16 as criaturas de la não reagem a armas e espadas
-criaturas ele deve estar falando dos misticos
-espero que sim chrono(diz lucca)
eles vão falar com outros homens
-moço onde fica truce
-domo truce não conheço aqui é o domo trann
-truce é uma cidade de um reino chamado guardian
-reino ? aqui não existe reino
Screenshot_23
-moço oque é essa maquina atras do senhor
-é um enertron ele te cura e dar energia e uns minutos parecem horas de sono
-parece ser algo bom por isso vocês ainda estão vivos ?
-não ele não sacia sua fome, estamos vivos por que ainda tem algumas migalhas por ai ou comemos ratos
-eca (diz marle)
-respeito marle isso é o que tem pra eles comerem eles não escolheram isso(diz lucca)
-deixa eu experimentar esse enertron
chrono entra dentro da maquina se passam 2 minutos e ele sai
-wau parece que eu dormir 2 horas eu acho eu curado das feridas contra o dragão agora tenho energias para lutar mais ainda to com fome, lucca entre dentro disso sua perna ira se cura e eu não vou precisar te levar no colo
-tudo bem
logo apos ele saírem do domo trann ele vão para o LAB 16
-isso aqui parece uma cidade bem avançada mais está tudo destruído
-sim vamos tentar passar por isso aqui
-aaah um rato (grita marle)
-… ignora eles
eles continuaram a andar pela cidade até que encontraram uns monstros
Screenshot_24
-eles não parecem ser misticos
-parecem ser criaturas geneticamente modificados, eu chamaria eles de mutantes
-vamos logo acabar com eles(diz chrono)
-ok
depois de derrotar os mutantes eles finalmente chegam ao outro lado da cidade onde tinha outros domos
Screenshot_25
olha esse domo aqui ele é um pouco maior
-sim deve ser o domo arries
-vamos entrar
-vamos
entrando no domo eles encontram muitas pessoas mais la não tinha comida, eles foram até a parte do domo onde tinha mais pessoas chegando lá um idoso fala com eles
Screenshot_26
-de onde vocês vieram
-do laboratório a oeste
-oque
logo o idoso se espanta ao ver que eles conseguiram passar pelas ruínas e avisa aos outros
-companheiros eles conseguiram atravessar as ruínas !
-como é que é (diz o homem)
-não brinca(diz o outro homem)
-então existe alguém capaz de derrotar aqueles mutantes(diz o velho)
-ue mutantes mais eu que dei esse nome pra eles agora pouco….. deixa(diz lucca com uma cara meio impressionada)
-sim..bem.. até agora nos conseguimos derrota-los(afirma chrono)
-bem vocês podiram nos dar algumas informações daqui por favor qualquer coisa ajuda(pergunta marle)
-bem aquelas portas pretas com um simbolo mistico não abre nem com bombas
-eu já vi essa esse simbolo(diz marle e chrono)
-tem um homem que mora num domo pequeno perto do pico da morte ele pode ajudar em algo, e também tem uma fabrica  velha ao leste, chamada domo proto, mas não conseguimos chegar perto por causa dos robôs a aquela mulher e sua filha também podem de dizer alguma coisa
-senhora, você poderia nos dizer alguma coisa a mais aquele moço disse que você poderia ajudar dando informações
-sim… bem.. meu marido foi até o deposito de comida e nunca mais retornou
-o papai vai nos trazer comida(diz a filha da moça)
logo o velho se aproxima e se apresenta
-eu esqueci de me apresentar eu sou doan, descendente do diretor de central de informações, no porão a um grande computador e um deposito de comida, mas não podemos chegar lá por causa daqueles guardas-robôs, uma lástima
-doan pode nos dar licença por favor(pede lucca)
-sim
-chrono temos que ajudar eles vamos descer e derrotar aqueles robôs e trazer comida para eles
-você realmente está preocupada com eles lucca(diz marle)
-sim, bem temos que achar um enertron para podemos recuperar energia e descer la pro porão deposito sei la tanto faz..
-ok vamos lá
depois de descansar no enertron ele decidem descer
-vocês vão descer(pergunta doan)
-sim
-mais ninguém nunca voltou de la
-vamos tentar né ?
-é bom ver jovens tão dispostos…. tenham cuidado e voltem vivos
chegando no deposito eles vê dois computadores
Screenshot_27
-bem temos que fazer o seguinte aquela escada leva para o deposito de comida pelo que diz aqui e a outra porta só abre com uma senha diz o computador talvez no deposito podemos encontrar algo que ajuda a descobrir a senha então vamos lá?
-vamos
subindo as escadas eles chegam num lugar onde eles tem que se equilibrar para não caírem
Screenshot_28
chrono logo sai correndo na frente
-vamos vocês garotas são muito lentas
-chrono você foi treinado pelo seu pai nós não
-ta ta ta sem desculpas vamos logo
no meio do caminho eles se deparam com um rato parado
Screenshot_29
-ei olha esse rato deve ser uma estatua
-mais tão realista assim
-estamos num lugar onde tem mutantes domos e robôs e você acha isso estranho
-olha tem uma nota presa em suas costas deixa eu ler “quem se aproximar do estoque sera atacado”
-bem direto no assunto em (diz marle)
-vamos logo para aquele deposito
chegando lá eles tem uma grande surpresa um robô gigante que tenta atirar neles
Screenshot_30
como vamos derrotar isso lucca ?
-deixa eu ver, vão distraindo ele enquanto eu penso em algo
-tudo bem vamos marle !
chrono ignora os robôs pequenos e vai logo atacar o grande enquanto marle tenta atirar nos olhos do grande
chrono manda seu super ataque nos braços do robô e marle continua a atirar em seus olhos logo os robôs pequenos curam o olhos do grande e começam atirar em marle, chrono corre para proteger marle enquanto os robôs focavam em chrono lucca deu um tiro com sua pistola bomba em um dos robôs pequenos e depois atacou o grande e nisso ela percebeu uma coisa
-chrono derrote os pequenos sem eles o grande não se cura
-ok
logo chrono corta um no meio e marle e lucca destroem o outro agora que ele estava sem os robô ele estava imune
-agora todos ataquem ele
depois de muito esforço eles conseguem destruir o robô mais os pequenos voltam e concertam o grande
-hm… como assim eles voltaram
-eu não acredito que ele consegue gerar robôs que merda
-reunir para ataque delta(diz o robô)
logo os três se posicionam e fazem uma barrera em volta de chrono marle e lucca e essa barrera os tortura com a pressão, logo marle puxa o pingente e grita
-proteção !
logo um escudo os protege
-cura !
chrono e lucca são curados
-marle você tinha esses poderes de cura esse tempo todo
-sim, mais é a primeira vez que eu uso,tinha medo do que poderia acontecer, mais depois que vi vocês agonizando eu não tinha outra escolha

-tudo bem lucca vamos usar o turbilhão acho que consigo destruir os dois e depois nos damos conta do maior
logo eles usam o turbilhão e como chrono disse eles derrotaram os dois robôs
-agora juntem no maior
logo eles usam todo o poder deles e destroem o robô e entram no deposito de comida
Screenshot_34
-esse lugar fede (diz marle) cheiro muito ruim
Screenshot_35
-esta tudo podre a refrigeração deve ter falhado ! (afirma lucca)
marle se aproxima do homem que esta encostado na parede
-chrono veja …. …. muito tempo se passou, suponho , ele esta segurando algo oque sera,parece ser uma semente ,uma semente pode crescer num lugar como esse
-olhe tem outra coisa uma é uma anotação que diz “o rato não é uma estatua ele sabe o segredo deste domo”
-vamos atras dele
-espere deixa eu preparar algo (diz lucca) pronto vamos
chegando no lugar onde o rato estava ele começou o corre
-ele esta ali agora lucca
lucca logo da um tiro no rabo do rato e deixa ele preso no chão
-como você fez isso lucca ?
-bala imã =, e o chão é de metal agora nos diga o segredo rato
-ta bom ta bom
-ahhh não é que ele fala
-a senha é RLAB agora não diga que eu não avisei
chegando até o computador eles digitam a senha e entram na sala que estava trancada lá eles vê outro computador mais esse é gigante
Screenshot_36
-os computadores ainda estão funcionando aqui, sera que eu posso achar algo com isso, se eu procurar no alterador de tempo posso achar nosso portal….achei… a leste daqui.. este é o domo proto acho
-grande lucca acho que podemos encontrar qualquer coisa com esse computador ei oque esse botão faz
logo marle aperta o botão e abre um vídeo
-esta escrito “1999 registro visual do dia de lavos ”
logo abre um vídeo onde mostra uma cidade futurista onde reinava paz  logo um monstro brota do chão e começa a destruir todo o mundo lançando raios e mais raios
Screenshot_37
-oque foi isso (marle diz assustada)
-lavos ? foi ele que destruiu nosso mundo ? (diz lucca)
-isso quer dizer que estamos no futuro (afirma chrono)
-eu me recuso a acreditar nisso (grita marle) não…. o mundo não pode acabar assim, chrono só uma coisa que podemos fazer
-oque
-mudar a historia assim como você fez para me salvar, sim lucca, certo chrono ?
-eu acho que.. foi sorte termos sido trazidos para cá através  do portal, chrono vamos ?
-certo vamos
-chorno lucca podemos fazer isso !
-vamos aguardar e fazer pesquisas das atividades de lavas no nosso período de tempo, para o domo proto !

FIM….

continua no VOL 3


Categorias: Agenda |

No Comments»

RSS feed for comments on this post.


Leave a Reply

Powered by WordPress. © 2009-2014 J. G. Valério