O Nerd Escritor
Feed RSS do ONE

Feed RSS do ONE

Assine o feed e acompanhe o ONE.

Nerds Escritores

Nerds Escritores

Confira quem publica no ONE.

Quer publicar?

Quer publicar?

Você escreve e não sabe o que fazer? Publique aqui!

Fale com ONE

Fale com ONE

Quer falar algo? Dar dicas e tirar dúvidas, aqui é o lugar.

To Do - ONE

To Do - ONE

Espaço aberto para sugestão de melhorias no ONE.

Blog do Guns

Blog do Guns

Meus textos não totalmente literários, pra vocês. :)

Prompt de Escritor

Prompt de Escritor

Textos e idéias para sua criatividade.

Críticas e Resenhas

Críticas e Resenhas

Opinião sobre alguns livros.

Sem Assunto

Sem Assunto

Não sabemos muito bem o que fazer com estes artigos.

Fórum

Fórum

Ta bom, isso não é bem um fórum. :P

Projeto Conto em Conjunto

Projeto Conto em Conjunto

Contos em Conjunto em desenvolvimento!

Fan Page - O Nerd Escritor

Página do ONE no Facebook.

Confere e manda um Like!

@onerdescritor

@onerdescritor

Siga o Twitter do ONE!

Agenda

Agenda

Confira os contos e poemas à serem publicados.

Login

Login

Acesse a área de publicação através deste link.

Publicado por [email protected]

– que publicou 2 textos no ONE.

>> Confira outros textos de [email protected]

>> Contate o autor

* Se você é o autor deste texto, mas não é você quem aparece aqui...
>> Fale com ONE <<

Nov
08
2015

A Esfinge

Não importa se você é rico, pobre, culto, ignorante ou sábio, rápido ou devagar. Em um momento da vida a esfinge vem te visitar.

Ela chega como um espelho e te faz se enxergar, transformando-te em um ponto de interrogação, o que você significa para você?

Se a resposta for convincente, ela esvai-se por um tempo, dependendo esse tempo do peso de sua resposta, mas ela sempre acaba voltando.

E quando demora a responder, deixa de viver … passando a sobreviver.

Como tatuagens, guardando seu significado. Tudo o que não é novidade é tédio.

A esfinge veio me visitar hoje de manhã, minha resposta foi: tinha uma garota da qual sequer sabia o nome, por sinal muito parecida com ela, tinham os mesmos olhos, tatuada, um enigma, tinha o poder de tirar a atenção de tudo para si, fazendo todo o resto perder o sentido.


Categorias: Agenda |

No Comments»

RSS feed for comments on this post.


Leave a Reply

Powered by WordPress. © 2009-2014 J. G. Valério