O Nerd Escritor
Feed RSS do ONE

Feed RSS do ONE

Assine o feed e acompanhe o ONE.

Nerds Escritores

Nerds Escritores

Confira quem publica no ONE.

Quer publicar?

Quer publicar?

Você escreve e não sabe o que fazer? Publique aqui!

Fale com ONE

Fale com ONE

Quer falar algo? Dar dicas e tirar dúvidas, aqui é o lugar.

To Do - ONE

To Do - ONE

Espaço aberto para sugestão de melhorias no ONE.

Blog do Guns

Blog do Guns

Meus textos não totalmente literários, pra vocês. :)

Prompt de Escritor

Prompt de Escritor

Textos e idéias para sua criatividade.

Críticas e Resenhas

Críticas e Resenhas

Opinião sobre alguns livros.

Sem Assunto

Sem Assunto

Não sabemos muito bem o que fazer com estes artigos.

Fórum

Fórum

Ta bom, isso não é bem um fórum. :P

Projeto Conto em Conjunto

Projeto Conto em Conjunto

Contos em Conjunto em desenvolvimento!

Fan Page - O Nerd Escritor

Página do ONE no Facebook.

Confere e manda um Like!

@onerdescritor

@onerdescritor

Siga o Twitter do ONE!

Agenda

Agenda

Confira os contos e poemas à serem publicados.

Login

Login

Acesse a área de publicação através deste link.

(0) A dura [agenda]

Publicado por antimidiablog

– que publicou 124 textos no ONE.

+ conteúdos em:

http://antimidiablog.wordpress.com

http://www.flickr.com/photos/antimidia

http://reblogador.wordpress.com

http://antimidia.tumblr.com

http://500px.com/antimidia

http://antimidiablog.blogspot.com.br

Qualquer outra informação é possível entrar em contato comigo pelo próprio O Nerd Escritor ou [email protected]

>> Confira outros textos de antimidiablog

>> Contate o autor

* Se você é o autor deste texto, mas não é você quem aparece aqui...
>> Fale com ONE <<

Jan
04
2016

440hz – Rumo à lugar nenhum…(e-book)

Incoerência, caos, drogas e violência. Pode-se dizer que esta é a base que sustenta os 28 contos escolhidos para esta coletânea. As estruturas apresentam narrativas simples e curtas, com poucos parágrafos e muitas pedras. A descrença no futuro, o amor à vida marginal e o desprezo social são os alicerces que erguem esta construção, e os tijolos que a revestem foram arrancados e arremessados sem dó na cara do leitor.

Apesar de alguns contos se relacionarem, não há o menor compromisso com a continuidade. O que se tem aqui são pequenos fragmentos de vida que não começam e nem terminam, apenas acontecem como estupro inevitável. A deturpação de conceitos como certo e errado (ou bom e mal) são resultado da super-flexibilização que a Teoria da Relatividade impõe a rotina.

Por fim, a esperança é algo que se mostra apenas como consequência do pensamento, como consciência, e não motivação. Os personagens não buscam paz ou a felicidade, e sim qualquer caminho que os leve a lugares aonde suas depravações e vícios não sejam julgadas como características abomináveis no ser humano. Mas estes lugares não existem.

No Comments»

RSS feed for comments on this post.


Leave a Reply

Powered by WordPress. © 2009-2014 J. G. Valério