O Nerd Escritor
Feed RSS do ONE

Feed RSS do ONE

Assine o feed e acompanhe o ONE.

Nerds Escritores

Nerds Escritores

Confira quem publica no ONE.

Quer publicar?

Quer publicar?

Você escreve e não sabe o que fazer? Publique aqui!

Fale com ONE

Fale com ONE

Quer falar algo? Dar dicas e tirar dúvidas, aqui é o lugar.

To Do - ONE

To Do - ONE

Espaço aberto para sugestão de melhorias no ONE.

Blog do Guns

Blog do Guns

Meus textos não totalmente literários, pra vocês. :)

Prompt de Escritor

Prompt de Escritor

Textos e idéias para sua criatividade.

Críticas e Resenhas

Críticas e Resenhas

Opinião sobre alguns livros.

Sem Assunto

Sem Assunto

Não sabemos muito bem o que fazer com estes artigos.

Fórum

Fórum

Ta bom, isso não é bem um fórum. :P

Projeto Conto em Conjunto

Projeto Conto em Conjunto

Contos em Conjunto em desenvolvimento!

Fan Page - O Nerd Escritor

Página do ONE no Facebook.

Confere e manda um Like!

@onerdescritor

@onerdescritor

Siga o Twitter do ONE!

Agenda

Agenda

Confira os contos e poemas à serem publicados.

Login

Login

Acesse a área de publicação através deste link.

Publicado por DianaVaillant

– que publicou 1 textos no ONE.

>> Confira outros textos de DianaVaillant

>> Contate o autor

* Se você é o autor deste texto, mas não é você quem aparece aqui...
>> Fale com ONE <<

Jan
18
2016

Pen Life

Em mais um dia normal acordo com o despertador desligado, atrasada novamente para a escola, o Glorioso Ensino Médio O que chamam de a melhor fase de todo adolescente para mim não passa de um Inferno, aliás me chamo Pen, tenho 17 anos e estou pra me formar e com certeza não sou a pessoa mais amada da minha escola.

Continuando, não sou popular, não tenho muitos amigos, só tenho dois, Lucas e Ana. Claro que como toda adolescente tenha minha paixão, Marco, que conseguentemente é o cara mais popular da escola e gato, ou seja, nunca vai olhar para alguem como eu.

-Bom dia Pen – diz Ana- Tão cedo é já está babando no Marco?

-Não estou babando, apenas admirando.

-Ah claro, então acho melhor você limpar antes que escora- provoca Ana- mas você viu o Lucas? Temos a maldita reunião do conselho e ele simplesmente sumiu. Espero que ele não esteja com outra garota idiota.

-Garota?

-Sim Pen, Garota. Só pq vc não da atenção pra ele não significa q ele vai morrer te esperando- Diz ana, rindo.

-Poxa Ana, delicada como sempre. Me viro e saiu para a sala. 7 horas para ficar Olhando Marco e lembrar que nunca vou ter chances.

Aula de Historia, da nossa velha e chata professora Olga que me lembra um morcego. Alias um dos meus hobbies é desenhar, nesse momento estou fazendo um retrato perfeito da professora, uma fusão de morcego com humano, ou meio humano no caso. Tenho que confessar que o desenho ficou hilario.

~passa um vento~

Oh mds, o vento joga meu desenho no chão, é adivinha quem o pega? A morcego meio humana.

-Senhorita Pen, vc acha que isso é uma aula de desenho?- Diz Olga me olhando feio- É isso que sou pra vc? `Pra fora de sala, agora.

O dia não esta muito bom, acabo de ser expulsa da sala, e todos virão meu desenho ridiculo. Provavelmte vou decair mais na escala de popularidade, se é que isso é possivel.

(No Almoço)

Pego meu almoço e vejo Lucas e Ana sentados me esperando, vou até eles.

-Ola desenhista- Fala Lucas- Fiquei sabendo que fez uma otima obra de arte hj, que até a velha Olga ficou impressionada.

-Como vc ficou sabendo?

-Todos da escola já estão sabendo, Pen- Diz Ana- Parece q seu desenho ficou famoso, parece que alguem conseguiu tirar uma foto.

-Como assim? Fiquei perdida.

E derepente, Marco chega no refeitorio, e por algum motivo parece q ele esta vindo em minha direção.

-OI Pen- Me comprimenta Marco- Seu desenho ficou muito bom, podia fazer um meu a qualquer hora.

-Oi – Respondo Confusa- como? quer dizer, claro.

Marco sorri, e se afasta.

-Meu Deus- Digo surpresa- Marco acabou de falar comigo, ele sabe meu nome.

-Poxa Pen, acho q vc ja pode marcar o casamento- abusa Ana- Mas sobre seu desenho, parece q se espalhou pela escola toda. Parabéns, parece q vc é a nova queridinha da escola.

(Aula acaba)

Vou pra casa, chego vou direto pro meu quarto. E chega uma mensagem de um número desconhecido no meu celular q diz: “Oi Pen, sou Marco, peguei seu número com o Lucas, o que acha de marcamos aquele desenho?’

Meu Deus, eu acabo de receber um sms do Marco, respodo agora? Ou demoro um pouco e me Faço de dificil? Não me aguento, tenho q responder agora: “Oi Marco, Claro. Quando vc estiver disponivel, so marcarmos”. Meu Deus, estou conversando com o Marco, chega outro sms dele. Cara ele ta puxando conversa.

(Na Manhã seguinte na escola)

-Ok, pq esse sorriso desse tamanho?- Pergunta Ana- vc esta me assustando.

-Adivinha quem vai encontrar o Marco dps da escola?- DIgo sorrindo

-Meu Deus, serio? – Diz ana espantada- Mas e o Lucas?

-O que tem ele?- Digo Confusa.

-Oq tem? Eu sei que vcs ficaram, não precisa esconder mais. E agora vc vai simplesmente troca-lo? Vc sabe q ele gosta de vc Pen – Ana

-Não foi nada, apenas um beijo a muito tempo atras. Alias so vou me encontrar com o Marco pelo desenho.

-Ok, mas não machuque o Lucas. Ana se vira e sai.

A Aula acaba e vou ao encontro de Marco, e lá esta ele, lindo com aquele cabelo loiro, olhos verdes me esperando. Me aproximo:

-Oi marco, td bom?- Tomo coragem de dizer.

-Oi Pen- Responde Marco com aquele lindo sorriso- pronta pro desenho?

-Claro- respondo

começo desenha-lo é nisso so vou reparando o tão lindo que ele é, nisso começamos a conversar, vi q tinhamos muito em comum, ficamos até a noite conversando, msm apos eu ter terminado o desenho, simplesmente não conseguiamos parar de conversar.

-Nossa olha a hora, tenho q ir embora- Digo tristemente.

-Ok, te acompanho até em casa- Marco responde me olhando profundamente.

Marco me acompanha até a porta de casa, e estranhamente a tenção aumentou estava um silencio desconfortavel, não sabia dizer o que estava acontecendo. Ai ele me olha, se aproxima e MEU DEUS, ELE ME BEIJA.

-Boa Noite Pen- se despede Marco

-Boa Noite- Respondo, sentindo meu rosto queimar, espero q ele não repare o quanto estou vermelha.

(Na manhã seguinte)

Estranhamente não acordo atrasada, tenho tempo sobrando, tempo pra lembrar da noite passada e me convencer que aquilo não foi um sonho, meu deus, fui beijada pelo Marco.

Na escola…

Encontro Ana e Lucas

-Oi Pessoal, vcs não acreditam no que aconteceu noite passada- Digo empolgada

-Vc finalmente aprendeu a dormir com a luz apagada?- Brinca Lucas

-Não Idiota, Marco me beijou- Respondo alegremente

Ana e Lucas fazem uma cara estranha. A

-Pen podemos conversar?- Diz Lucas.

-Vou deixar vcs sozinho- Diz ana se afastando

-ok, fale.

-Pen, não sou a pessoa mais indicada pra te dizer isso mas Marco é um idiota, ele provavelmente so esta querendo te levar pra cama- Diz Lucas desesperado.

-Lucas, eu sei oq estou fazendo, Marco não é assim.

-Então vc simplesmente vai me deixar assim?- fala Lucas secamente

-Não sei do q vc ta falando, foi a muito tempo… um beijo apenas, entre amigos.

-Então olhe nos meus olhos e diga q não sentiu nada por mim.

-Lucas eu… Não posso fazer isso.

Saio correndo para sala deixando Lucas sozinho. Estranhamente parace q o dia foi estupidamente mais longo hj, mas a aula finalmente acaba, e Marco vem falar comigo.

-Oi Pen, queria te convidar para uma festa na minha casa sabado a noite. Pode levar seus amigos.

-Oi Marco, claro q vou.

Ele me beija no rosto e vai embora. Finalmente livre da escola sigo direto pra casa.

(No Sabado a Noite)

Ana e eu estamos nos arrumando

-Então o Lucas vai?- Pergunto

-Ele disse q ia pensar, que talvez ia aparecer mais tarde- reponde Ana- Mas como vai seu namoro com o Marco?

-Não é bem um namoro, ficamos, ele me chamou pra festa mas estou na esperança.

(Na Festa)

-Uau está bem cheio aqui né, olha lá, não é o Lucas com aquela garota?- Diz Ana surpresa.

E sim, era o lucas com uma garota simplesmente maravilhosa. Mas tbm avisto Marco se aproximando.

-Oi Pen e Ana- Ele nos comprimenta- Pen vem cmg, quero te mostrar o andar de cima.

E lá vou eu, Marco me leva direto pro quarto dele e me beija, mas o telefole dele toca.

-Pode me dar um segundo?- ele pergunta

-Claro marco, vou usar o banheiro- saiu pro banheiro. Ao voltar pro quarto escuto Marco falando ao Telefone;

-Calma cara, já estou indo, vou dar uma rapidinh aqui. Sim aquele garota, já disse só quero me divertir com ela- Diz Marco rindo.

Nossa, não conseguia acreditar naquilo q eu estava ouvindo, virei as costas e fui embora ao choro. Ana e Lucas percebem e vem atras de mim.

-Pen espere- Grita Ana e me agarra pelo braço- O que aconteceu?

-Marco Idiota- Respondo ao choro- só estava se aproveitando.

-Vou acabar com ele- Diz Lucas- Aquele desgraçado.

-Ele não vale a pena- Digo- Desculpa Lucas, vc estava certo todo o tempo.

-Sobre tudo?- Respode Leo, me olhando profundamente

-Ok pessoal – Interrompre Ana- Mas podemos deixar isso pra outra hora, vms embora.

(Na Segunda…)

Não queria ir pra escola e ver o Marco, mas o resto do fim de semana foi otimo, conversei tanto com o Lucas… Mas agora tinha q enfrentar a escola, q era uma coisa horrivel no momento, estava consufa, Lucas foi tão bom pra mim, não conseguia mais esconder q eu na verdade sentia algo por ele. AH merda, oq vou fazer?

Na escola…

-Bom dia Ana- Comprimento- Podemos conversar?

-Claro Pen- Responde Ana.

Explico toda a situação pra ela dos meus sentimentos pelo Lucas.

-Bem Pen, posso dizer q vc finalmente percebeu q gosta dele, estava na cara, so vc não via- disse Ana rindo- e ele gosta de vc, não é perfeito? Acho q essa é a sua chance de se resolver, olha quem vem ai

Puta merda, Lucas estava vindo em nossa direção, os olhos azuis e o cabelo preto estavam brilhando como nunca, ao ponto de te deixar perdida na vontade de beija-lo, Ana se levanta assim q Lucas chega, deixando nos dois a sos.

-Oi Pen- Diz Lucas com aquele sorriso simplesmente encantador,.

-Oi Lucas- respondo, juntando coragem pra falar td aquilo q tinha q falar- Sabe Lucas eu estava pensando e vc estava certo, eu tenho sentimentos por vc, mas vou entender se vc não quiser saber mais de mim.

-Pen… Não sei oq dizer- ele estava sorrindo- Eu gosto de vc, quero ficar com vc, oq vc acha da gnt tentar? Que tal sairmos hj?

-Ok, acho otimo- respondi, tentando me controlar de tanta alegria.

Passou semanas e começamos a namorar, Marco o idiota tentou se aproximar mas deixei claro que estava com o Lucas. Certa noite Lucas me convida pra casa dele, pra conhecer a familia dele, ao meio da conversa os pais deles resolvem ir dormir, deixando eu e Lucas sozinhos, vms pro quarto dele.

Lucas me olha, profundamente como se estivesse tentando ler oq tinha na minha alma, colocou a mão delicadamente no meu rosto e sorri, um sorriso q fazia vc simplesmente se perder, e então me beijou, tão delicadamente.

-Pen, te amo – diz Lucas.

-Também te amo, Lucas- Respondo

Ele sorri, e uau q sorriso, me olhava intensamente com aqueles olhos azuis e profundos, eu simplesmente queria me perder nos profundos ohos dele. Estava nervosa e ansiosa, tremia, torcia pra ele não percerber, eu não sabia oq poderia acontecer. E então ele simplesmente me abraça, e deitamos.

-Pen, temos td o tempo do mundo, sei que quero ficar com vc por isso não irei te precionar, vc não precisa fazer nada q vc não queira- Lucas diz gentilmente.

-Obrigada- Respondo.

Ficamos Ali deitados, abraçados e eu torcia pra aquilo nunca acabar, eu me sentia tão protegida, tão amanda, não queria nunca sair daquele abraço… Não sei oq o futuro me aguarda, mas sei que quero ter Lucas ao meu lado, por toda a minha vida…

FIM


Categorias: Agenda |

No Comments»

RSS feed for comments on this post.


Leave a Reply

Powered by WordPress. © 2009-2014 J. G. Valério