O Nerd Escritor
Feed RSS do ONE

Feed RSS do ONE

Assine o feed e acompanhe o ONE.

Nerds Escritores

Nerds Escritores

Confira quem publica no ONE.

Quer publicar?

Quer publicar?

Você escreve e não sabe o que fazer? Publique aqui!

Fale com ONE

Fale com ONE

Quer falar algo? Dar dicas e tirar dúvidas, aqui é o lugar.

To Do - ONE

To Do - ONE

Espaço aberto para sugestão de melhorias no ONE.

Blog do Guns

Blog do Guns

Meus textos não totalmente literários, pra vocês. :)

Prompt de Escritor

Prompt de Escritor

Textos e idéias para sua criatividade.

Críticas e Resenhas

Críticas e Resenhas

Opinião sobre alguns livros.

Sem Assunto

Sem Assunto

Não sabemos muito bem o que fazer com estes artigos.

Fórum

Fórum

Ta bom, isso não é bem um fórum. :P

Projeto Conto em Conjunto

Projeto Conto em Conjunto

Contos em Conjunto em desenvolvimento!

Fan Page - O Nerd Escritor

Página do ONE no Facebook.

Confere e manda um Like!

@onerdescritor

@onerdescritor

Siga o Twitter do ONE!

Agenda

Agenda

Confira os contos e poemas à serem publicados.

Login

Login

Acesse a área de publicação através deste link.

Publicado por Raimundo Nonato Rodrigues

– que publicou 13 textos no ONE.

Sou ludovicense, adoro ler e escrever (é a minha grande paixão). Gostaria de divulgar os meus escritos.

>> Confira outros textos de Raimundo Nonato Rodrigues

>> Contate o autor

* Se você é o autor deste texto, mas não é você quem aparece aqui...
>> Fale com ONE <<

Feb
20
2016

o grande caderno azul V

V

Manhã do ultimo domingo de 2013 – o dente que rachou voltou a perturbar, Acho que esta amolecendo. A pobreza alimentar,hoje o almoço será simples.
– Seu Eusébio já saiu?- As clássicas perguntas clássicas Anteniona para a sogra – Ele tá dormindo? – Complementa em voz baixa.
Vamos começar a fase degradante,mas já esperávamos essa situação. Minha cunhada saiu para comprara o magro,mais substancioso almoço dominical. Antenor e seus banhos prolongados que ultrapassam quase quinze minutos..Ouço um clássico dos anos 70 “Sweet Caroline” na voz de Neil Diamont.O rádio ligado e sintonizado na mesma estação de musicas bregas. O céu com nuvens esparsas e um sol tímido.. Meu café sem leite e um sanduíche de sardinha que pode inchar o dedo e a garganta.Larissa pula de uma lado para outro como uma cabrita nova.Assistindo com emoção o programa “Viola Minha Viola” com a grande Inezita Barroso e seus convidados especiais da boa viola caipira, Pena Branca e Xavantinho, um dos ícones da musica clássica sertaneja. Nonó e Naná; Mano Biné com suas novidades.. Tenor entra e sai constantemente e a antes de sair novamente faz a sua clássica pergunta em voz baixa:
– Dona Dadá esta falando com quem?
– Com Larissa – Respondo também baixo.
Ele caminha para a porta, o terraço e finalmente a calçada. Hoje o campo deles de evangelização será aqui na rua. Sintonizo no canal de musica clássica a espera que ouço o meu querido Mozart ou Beethoven.Volto a Balzac – drama ou melhor as miserarias do casal Adolfo e Carolina. Lendo comentário do escritor inglês Henry James para o prefacio da XVII volume da Comédia Humana. Desse livro li apenas dois romances; “Luis Lambert” e”Pequenas Misérias da Vida Conjugal – os outros não fazem muito o meu gênero literário. A princesinha Adriele acordou e agora esta incentivando a companheira a brincar com suas bonequinhas no sofá. Hora da ronda ostensiva pelo mercado, vê como está os movimentos.


Categorias: Agenda |

No Comments»

RSS feed for comments on this post.


Leave a Reply

Powered by WordPress. © 2009-2014 J. G. Valério