O Nerd Escritor
Feed RSS do ONE

Feed RSS do ONE

Assine o feed e acompanhe o ONE.

Nerds Escritores

Nerds Escritores

Confira quem publica no ONE.

Quer publicar?

Quer publicar?

Você escreve e não sabe o que fazer? Publique aqui!

Fale com ONE

Fale com ONE

Quer falar algo? Dar dicas e tirar dúvidas, aqui é o lugar.

To Do - ONE

To Do - ONE

Espaço aberto para sugestão de melhorias no ONE.

Blog do Guns

Blog do Guns

Meus textos não totalmente literários, pra vocês. :)

Prompt de Escritor

Prompt de Escritor

Textos e idéias para sua criatividade.

Críticas e Resenhas

Críticas e Resenhas

Opinião sobre alguns livros.

Sem Assunto

Sem Assunto

Não sabemos muito bem o que fazer com estes artigos.

Fórum

Fórum

Ta bom, isso não é bem um fórum. :P

Projeto Conto em Conjunto

Projeto Conto em Conjunto

Contos em Conjunto em desenvolvimento!

Fan Page - O Nerd Escritor

Página do ONE no Facebook.

Confere e manda um Like!

@onerdescritor

@onerdescritor

Siga o Twitter do ONE!

Agenda

Agenda

Confira os contos e poemas à serem publicados.

Login

Login

Acesse a área de publicação através deste link.

Publicado por Raimundo Nonato Rodrigues

– que publicou 13 textos no ONE.

Sou ludovicense, adoro ler e escrever (é a minha grande paixão). Gostaria de divulgar os meus escritos.

>> Confira outros textos de Raimundo Nonato Rodrigues

>> Contate o autor

* Se você é o autor deste texto, mas não é você quem aparece aqui...
>> Fale com ONE <<

Feb
20
2016

o grande caderno azul VI

VI

Quebrei a minha promessa e enchia cara. Reencontrei com Mano Brown na Praça do Bacurizeiro, Alan Black jazia desacordado no chão, Jailson Pé-de-Pato deitado no banco e a figura triste de nosso colega Negrita, ele esta passando por uma triste fase. Abandonado e expulso de casa. Não tecerei comentários, porque não sei o dia de amanhã,poderei encontrar-me na mesma situação ou até pior. Mas maior é Deus e seus poderes. Depois de muito insisti Mano Brown acabou comprando uma garrafa de pinga e depois mais outra – Fu para casa, almocei e dormir. A noite a peregrinação ainda conseguir ferrar quatro latas de cervejas e o encontro salutar com o meu amigo Junior,o futuro psicólogo que emprestou-me o livro que a tanto ansiava lê-lo há muito tempo desde quando entrei para o maravilhosos mundo literário “O Diário de Anne Frank” – um dos clássicos da literatura. Trouxe-o comigo. Não estou muito apto para o trabalho. Aguardo a filha de Seu Azul. Vamos espera-la, enquanto leio “Anne”. Aos poucos as esperanças vão fenecendo, o inevitável acontece, não adianta ficar na expectativa da espera de algo que não vem. Como acreditar, assim como acreditei no Bacana da moto. E agora como vou encarar a real situação, tudo esta contra mim – Por quê as pessoas fazem isso, dizem coisas que não podem cumprir? É assim mesmo, fodo-me.


Categorias: Agenda |

No Comments»

RSS feed for comments on this post.


Leave a Reply

Powered by WordPress. © 2009-2014 J. G. Valério