O Nerd Escritor
Feed RSS do ONE

Feed RSS do ONE

Assine o feed e acompanhe o ONE.

Nerds Escritores

Nerds Escritores

Confira quem publica no ONE.

Quer publicar?

Quer publicar?

Você escreve e não sabe o que fazer? Publique aqui!

Fale com ONE

Fale com ONE

Quer falar algo? Dar dicas e tirar dúvidas, aqui é o lugar.

To Do - ONE

To Do - ONE

Espaço aberto para sugestão de melhorias no ONE.

Blog do Guns

Blog do Guns

Meus textos não totalmente literários, pra vocês. :)

Prompt de Escritor

Prompt de Escritor

Textos e idéias para sua criatividade.

Críticas e Resenhas

Críticas e Resenhas

Opinião sobre alguns livros.

Sem Assunto

Sem Assunto

Não sabemos muito bem o que fazer com estes artigos.

Fórum

Fórum

Ta bom, isso não é bem um fórum. :P

Projeto Conto em Conjunto

Projeto Conto em Conjunto

Contos em Conjunto em desenvolvimento!

Fan Page - O Nerd Escritor

Página do ONE no Facebook.

Confere e manda um Like!

@onerdescritor

@onerdescritor

Siga o Twitter do ONE!

Agenda

Agenda

Confira os contos e poemas à serem publicados.

Login

Login

Acesse a área de publicação através deste link.

Publicado por Igor_matos2

– que publicou 1 textos no ONE.

>> Confira outros textos de Igor_matos2

>> Contate o autor

* Se você é o autor deste texto, mas não é você quem aparece aqui...
>> Fale com ONE <<

Mar
11
2016

A Ironia da “Evolução”

Foto_dhe   

 Hoje, enquanto estava no ônibus, vi uma mãe e seus dois filhos numa calçada. A mãe, uma mulher pelos seus vinte anos, sentada na calçada brincava com sua criança de meses e tinha uma intensa felicidade estampada no rosto, por causa do sorriso ganho do seu filho. O irmão mais velho, uma criança feliz, com o pés descalços a saltitar a todo instante a procura de atenção, talvez tenha duas primaveras.

      Tal cena ficará na minha cabeça por muito tempo. Ela resume muito bem a minha sociedade, o meu povo, cada um com suas antíteses e seus paradoxos. Uma família que talvez não tenha uma refeição ao anoitecer e nem um teto sobre a cabeça ao dormir, mas que continua a exprimir sentimentos belos – felicidade e amor.

     As perguntas são: pq tem que ser assim? Pq poucos com tanto e muitos com tão pouco? Pq toda essa injustiça? Pq toda essa falta de compaixão? Essa família fez alguma coisa pra merecer isso? A justiça é só algo bonito de ser dito e pensado? Apenas perguntas, a maioria com respostas tão duras de aceitar que lágrimas vertem apenas de pensá-las.

     De repente, surge aquela vontade de fazer alguma coisa, de mudar alguma coisa, mas fazer o quê? Mudar o quê? Eu n vejo uma saída, mas eu quero uma saída. Talvez exista uma solução, talvez eu possa mudar alguma coisa ou talvez eu seja apenas mais um discurso bonito que tanto fala e nada faz. São apenas suposições, que não enchem barriga de seu ninguém.

    Portanto, o ônibus continua sua viagem e talvez eu nunca mais veja aquelas pessoas novamente ou talvez nos encontremos no futuro. Fica a mesma incerteza de sempre, a única certeza que tenho é que a humanidade clama por ajuda, se é que ela realmente existe, pq talvez todos tenham tornado-se seres pensantes, mas com atitudes irracionais, talvez todos sejam um poço de falácias e hipocrisia, talvez todos tenham perdido a noção de sociedade.      Parece-me que a seleção natural criou a pior espécie existente, essa que faz mal à mesma espécie mesmo tendo capacidade de não fazê-lo e de poder escolher não fazê-lo.2871.

    

  


Categorias: Agenda |

1 Comment»

RSS feed for comments on this post.


Leave a Reply

Powered by WordPress. © 2009-2014 J. G. Valério