O Nerd Escritor
Feed RSS do ONE

Feed RSS do ONE

Assine o feed e acompanhe o ONE.

Nerds Escritores

Nerds Escritores

Confira quem publica no ONE.

Quer publicar?

Quer publicar?

Você escreve e não sabe o que fazer? Publique aqui!

Fale com ONE

Fale com ONE

Quer falar algo? Dar dicas e tirar dúvidas, aqui é o lugar.

To Do - ONE

To Do - ONE

Espaço aberto para sugestão de melhorias no ONE.

Blog do Guns

Blog do Guns

Meus textos não totalmente literários, pra vocês. :)

Prompt de Escritor

Prompt de Escritor

Textos e idéias para sua criatividade.

Críticas e Resenhas

Críticas e Resenhas

Opinião sobre alguns livros.

Sem Assunto

Sem Assunto

Não sabemos muito bem o que fazer com estes artigos.

Fórum

Fórum

Ta bom, isso não é bem um fórum. :P

Projeto Conto em Conjunto

Projeto Conto em Conjunto

Contos em Conjunto em desenvolvimento!

Fan Page - O Nerd Escritor

Página do ONE no Facebook.

Confere e manda um Like!

@onerdescritor

@onerdescritor

Siga o Twitter do ONE!

Agenda

Agenda

Confira os contos e poemas à serem publicados.

Login

Login

Acesse a área de publicação através deste link.

conto da noiteO Conto da Noite
Rituais
As pessoas trabalhavam felizes em meio aos limoeiros. Homens e mulheres contentes colhiam os frutos que surgiam abundantemente naquele lugar.

Em meio ao tumulto, um casal arrumava tempo para brincar.


Publicado por Evandro Furtado

– que publicou 95 textos no ONE.

Ocupações: Estudante de Letras (sim, isto é ocupação) e escritor amador em tempo vago.

Base de operações: Lavras/MG (por mais que eu duvide que esteja realmente aqui, às vezes).

Interesses: Cinema, música, literatura, professional wrestling e uma boa pizza se for possível.

Autores Influentes: Stephen King, Dan Brown, Agatha Christie, Paulo Coelho, Tolkien.

Objetivos: Parafraseando o Coringa de Heath Ledger: “I just do things!”

>> Confira outros textos de Evandro Furtado

>> Contate o autor

* Se você é o autor deste texto, mas não é você quem aparece aqui...
>> Fale com ONE <<

0

Killing me softly

I tried to save myself from death. I took a walk around the world to ease my troubled mind I found your body laying somewhere in the sands of time. I picked you up and made your pain go away, while you left me all alone with my killer thoughts. I died a thousand times waiting for you to please me the way I did. The days rolled by and I wanted more and more of your body. The wounds in my arms spilled their tears in the cold hard ground. This pain was invincible. My eyes were free of emotions. Your body was warm from my touch while mine was cold possessed by the loneliness. Your words were killing me softly and making you stronger, you didn’t care, you never did. You fooled me with that humanity of yours and turned my heart into sharpened pieces of glass. I believed in your words of sorrow. I never cared about myself. I lived for you and you lived for freedom. You didn’t deserved me, I didn’t deserved to live. I ended the life, the pain and the sorrow watching that perverse beautiful smile on your face.

Publicado por Alma Perturbada em: Agenda | Tags: ,
7

Prompt de Escritor #65

Um homem de 85 anos morreu após cair ao tentar escapar do segundo andar da casa de repouso onde vivia na França usando uma corda feita com lençóis.

O homem forçou a abertura de uma janela que estava fechada por questões de segurança e tentou desce usando uma corda feita por ele próprio amarrando lençóis. [fonte]

Use a imaginação:

  • Imagine uma história, onde seu protagonista, idoso, depois de anos de clausura, consegue bolar o plano perfeito para a fuga. Ele sabia dos riscos, mas, para quem esta preso o que importa os riscos?! Ele colocou seu plano em execução, passo a passo bem sucedido, quando estava pendurado no lado de fora em uma corda de lençois…
  • … ele lembrou que tinha mais de 80 anos, e que a ultima vez que escalou algo em uma corda, foi no treinamento militar que fez aos 18 anos de idade.
  • … seu colega de quarto, Jhon “o lunático” McCarty, teve a idéia brilhante e maluca de que, se cortasse a corda, ajudaria seu amigo a chegar no chão mais rápido.
  • … a enfermeira do asilo, que havia sido sedada com o equivalente a três semanas de sedativos, estes guardados dentro do chinelo de pano suado do protagonista, ela acorda do torpor e vê pela janela um fugitivo pendurado no lado de fora, em um lençol.
  • Ou… pode ter sido um simples suicídio, devido a maus tratos frequentes aos idosos, um deles percebeu que não gostaria de terminar sua vida daquela forma. Para encobrir tudo, a diretoria do asilo resolveu colocar uma corda de lençois pendurada na janela, e dizer que foi um acidente do pobre velhinho, que gostava de escalar.

Estas são apenas algumas sugestões, usem a imaginação, sugiram outras idéias nos comentários e façam de tudo isso uma história! 🙂

Publicado por The Gunslinger em: Prompt de Escritor | Tags: , , ,
7

Prompt de Escritor #64

Existe uma frequencia de radio na Rússia, que transmite uma sirene desde 1982. Ninguém sabe de onde exatamente essa transmissão vem, ou o que significa.

Periodicamente, uma voz lê ordens, nomes e números através dela. [fonte]

Essa história da frequencia misteriosa da Rússia já apareceu aqui no ONE uma vez, nos comentários. E estava em alta na época de Lost! 🙂

Use a imaginação:

  • Uma transmissão misteriosa começa a ser captada no meio de sua cidade. Ela começa a dizer todos o crimes, todos os desvios de conduta, todas as traições e todas as mentiras… de todo mundo que mora por alí. Imagine o caos.
  • É uma frequencia que não transmite nada, só chiado, mas um dia seu protagonista captou uma voz. Eram duas pessoas conversando, estavam planejando um crime. A transmissão se perdeu, ninguém acreditou no seu protagonsita… continue essa história.
  • Seu protagonista achou que era uma frequencia de radio. Mas na verdade era a própria mente dele que estava captando algo… telepaticamente!
  • Uma transmissão secreta, feita por um culto malígno, enviando sinais diretamente aos ouvintes desavisados, comandando eles a matarem e fazerem atrocidades!
  • E se esta transmissão estivesse sendo feita de uma nave alienígena que caiu e esta escondida. Talvez pedidno ajuda?

Estas são apenas algumas sugestões, usem a imaginação, sugiram outras idéias nos comentários e façam de tudo isso uma história! 🙂

Publicado por The Gunslinger em: Prompt de Escritor | Tags: , , , ,
2

Prompt de Escritor #63

Uma mulher e seus dois filhos pequenos enfrentaram momentos de agonia em uma visita recente a uma parque que oferece safáris na Inglaterra depois que seu carro pegou fogo no meio de uma área onde vivem leões. [fonte]

Use a imaginação:

  • O carro em chamas mantém os leões afastados. Mas agora mãe e filho estão sem a proteção do veículo, no meio da savana, e as chamas do carro estão começando a se apagar. Continue esta história…
  • Eles conseguem fugir dos leões e chegar a uma pequena aldeia de nativos da região, onde descobrem um terrível culto de canabilismo!
  • Passar a noite no meio da savana, tendo animais selvagens e outros perigos por todos os lados, deve ser uma grande experiência. Aterrorizante, perturbadora, emocionante. Como foi essa aventura?
  • Não eram leões… mas sim dinossauros no lado de fora do carro! Espera, aonde eu ví isso antes…
  • Imaginem agora esta história no quintal de uma casa do inteior, com mãe e filho presos no carro, onde no lado de fora tem um cão enorme e raivoso.

Estas são apenas algumas sugestões, usem a imaginação, sugiram outras idéias nos comentários e façam de tudo isso uma história! 🙂

Publicado por The Gunslinger em: Prompt de Escritor | Tags: , , ,
3

Prompt de Escritor #62

Abraham de Moivre foi um matemático francês, que contribuiu muito para os campos dos números complexos, trigonetria e teoria da probabilidade.

Dentre os feitos do campo da matemática, trago Moivre para esta prompt, pois um dos seus feitos mais curiosos, foi calcular com precisão sua própria morte. [fonte]

Use a imaginação:

  • Um cientista descobre a fórmula da morte! Ele pode calcular com precisão a data da morte de qualquer pessoa no planeta. O que essa descoberta pode ocasionar?!
  • Milhões de pessoas querem consultar suas datas com o cientista. Ele sofre ameaças. Pessoas tentam usar ele para extrair data de morte de terceiros e de famosos.
  • Viu-se que o cientista não calcula apenas a data da morte natural das pessoas, mas sim a data por acidente, por assassinato, é a morte mesmo!
  • O cientista re-faz o calculo de sua própria morte todos os dias, e percebe que independente do que faça, o resultado nunca muda.
  • O cientista re-faz o calculo de sua própria morte todos os dias, e percebe que é possível mudar o resultado! Existe uma maneira!

Estas são apenas algumas sugestões, usem a imaginação, sugiram outras idéias nos comentários e façam de tudo isso uma história! 🙂

Publicado por The Gunslinger em: Prompt de Escritor | Tags: , , ,

Powered by WordPress. © 2009-2014 J. G. Valério